O Hotel Zena, situado em Washington, D.C, surpreende numa verdadeira homenagem à mulher.

Fotografia: Hotel Zena

Dawson Design Associates foi o atelier responsável pelo novo design do hotel Zena, pertencente ao Viceroy Hotels & Resorts, nomeadamente sob os comandos de Andrea Sheehan.

O que o distingue é a sua generosa coleção de arte, num total de mais de 60 obras encomendadas, todas alusivas às conquistas femininas e valorização das suas lutas. Muitos destes trabalhos incorporam, também, materiais inusitados, e até, provocativos.

Antes mesmo antes de entrarem, os hóspedes serão recebidos por murais coloridos pelos sete andares de altura na fachada do edifício, retratando enormes guerreiras vigilantes do hotel e do bairro circundante de Logan Circle. A obra iminente foi criada pela artista, e designer, (re)conhecida como Miss Chelove.

Contudo, a mais icónica e impactante de todas as obras aqui presentes, retrata a falecida juíza Ruth Bader Ginsburg. Foi executada com cerca de 20.000 tampões higiénicos pintados à mão, dispostos num quadro para criar um retrato pontilhista! Surge com grande destaque na parede do restaurante.

Existe também uma serpente de madeira com 15 metros de comprimento, pendurada no teto do saguão do hotel, além de uma galeria com retratos dramáticos que homenageia 11 mulheres que lideraram a luta pela igualdade de género (entre as quais Ruth Bader Ginsburg e a deputada Shirley Chisholm – a primeira mulher negra eleita para o Congresso americano).

Uma parede curva de seis metros de comprimento no restaurante do hotel evoca um vestido brilhante, adornado com 12.000 botões em tons de rosa como referência às décadas de marchas e eventos feministas (uma homenagem ao 100º aniversário do direito das mulheres de votar nos Estados Unidos).

Andrea Dawson Sheehan,  responsável pelo projeto de design desta unidade hoteleira, convocou mais de 50 artistas feministas (mulheres e homens) que, através das suas peças envolventes abrangem uma variedade de formas e plataformas: têxteis, escultura, fotografia, origami, desenho, pintura, entre outros.

A arte também se espalha pelos 191 quartos, onde pinturas etéreas de deusas gregas servem como guardiãs dos visitantes.

Os hóspedes e habitantes locais podem ainda passear pelo lounge Hedy’s Rooftop, e desfrutar das vistas da cidade, à beira da piscina sempre rodeados, claro está, de mais arte celebrativa das conquistas femininas.