Ana Paula Cunha e Grace de Paula do Angra Design assinaram o projeto de decoração deste apartamento que tirou partido de algumas paredes estratégicas.

FOTOS: ALE RODRIGUES

O proprietário desta penthouse situada em São Paulo, e com mais de 200m2, recorreu à ajuda das designers de interiores Ana Paula Cunha e Grace de Paula para que dessem corpo ao conceito que viria tornar desta casa, o seu lar.

A primeira premissa consistia na inclusão de um painel para que o proprietário pudesse tirar fotografias com os amigos na zona de lazer da penthouse. Foi assim, que surgiu a ideia do painel integralmente executado em aço corten e iluminação de LED que remete a Asas. Foi desenhado pelas designers e executado pelo Studio Black Iron Design.

Outro pedido especial foi valorizar o percurso da escada que dá acesso ao topo do apartamento. Para isso, as profissionais sugeriram uma wall art personalizada pelo artista plástico Giuliano Martinuzzo.

Em termos decorativos, foi ainda solicitado um ambiente neutro, com uma paleta maioritariamente clean, sem o recurso a cores demasiado vibrantes. Assim, as profissionais investiram em móveis que transmitissem aconchego enquanto valorizavam também o design de autor.

Ao entrar no hall do apartamento destacam-se os detalhes de iluminação, nomeadamente com um pendente arrojado e atemporal onde a luz que percorre por toda a corda.

Há por toda a habitação uma evidente preocupação com a integração dos ambientes através da escolha dos móveis, dos papéis de parede, peças personalizadas e até de acessórios.

Na sala de jantar, o painel de madeira com grandes nichos para objetos e o espelho já eram existentes, mas faltava compor o ambiente como um todo, e fazer jus à elegância e aconchego da madeira. A área de jantar conta com uma exuberante mesa de oito  lugares com tampo branco, e cadeiras de couro, pois além de ser um material nobre, é de grande durabilidade.

Na cozinha integrada com a sala de estar e jantar, o cliente pediu um local para expor os seus vinhos favoritos. Solicitação que originou a adega confeccionada em aço carbono, apoiada na bancada existente. Para valorizar a bancada branca com nuances cinza, foram ainda seleccionadas três elegantes banquetas amadeiradas para quebrar o visual monocromático.

sala de estar conta com o frescor de um paisagismo pontual através de dois vasos com espécies nativas abaixo da escada, e pedras de seixos delimitando o jardim interior. Com uma vista privilegiada e abundante luz natural, o proprietário pode relaxar no sofá retrátil e automatizado. As duas poltronas  com design de Jader Almeida e a mesa de centro ou o confortável tapete de lã feito à mão compõem o ambiente. Não podemos deixar de fazer referência à imponente poltrona Vic da Atefacto e à luminária de parede para compor um cantinho do relaxamento.

No andar superior ficam a varanda e a suite. Para a primeira foram sugeridos móveis funcionais que pudessem ficar expostos ao ar livre e uma lareira integrando os ambientes. No deck, com a área da piscina, os pufes são impermeáveis e podem ficar submersos se assim desejarem.

A área de lazer ainda conta com um grande jardim vertical, além do paisagismo com os vasos soltos em pontos estratégicos da varanda. A destacar ainda a arte assinada pelo artista plástico Giuliano Martinuzzo feita exclusiva para este espaço. O painel de asas, tal como referido, foi pensado para os dias de festas e para receber os amigos, um espaço diferenciado para tirar fotos. O painel muda de cor conforme seus convidados queiram.

Por fim, na suite, foi projetada uma cama toda estofada para otimizar o espaço e o conforto. O papel de parede nas tonalidades azul e cinza claro mantém a paleta escolhida pelo proprietário.

De forma a explorar a vista do apartamento, existe uma tradicional Chaise long Copacabana de Jaqueline Terpins que trouxe grande magia ao lugar!!