Revelamos-lhe alguns truques para que possa economizar espaço na divisão mais vivida da casa!

Nem as habitações são todas iguais, nem todos temos as mesmas necessidades. Porém, se há denominador comum relativamente a este tema, é a falta de espaço… Queremos sempre um pouco mais. Verdade?

A menos que pudéssemos empurrar as paredes conforme nos fosse mais conveniente em cada momento, deixamos-lhe as nossas sugestões caso precise de redobrar alguns metros quadrados, ou simplesmente, garantir melhor circulação.

Regra geral, otimizar espaço requer uma boa gestão em termos de armazenamento. Queremo-lo em número suficiente, mas sem ser em excesso de forma a libertar espaço. Uma porta deslizante, um banco debaixo de um parapeito de janela ou móveis compactos e suspensos são apenas algumas da soluções. Ora espreite!

1.

Na imagem de destaque, da autoria de Francis Dzikowski/OTTO, fica a ideia de que criar uma parede com certa profundidade que abarque logo a televisão, lareira, artigos decorativos e alguns compartimentos com porta para arrumação evita um investimento avultado em móveis adicionais. A ideia passa por, de uma só vez, encontrar uma solução que ocupe pouca profundidade e/ou volume, evitando a necessidade de ocupar espaço com outras peças de mobiliário.

2.

Studio AG

De acordo com a arquitetura da casa, esta é uma solução verdadeiramente de génio quando a ideia é rentabilizar o espaço. Criar uma estrutura que faça as vezes de uma parede no meio da divisão, que cumpra a parte funcional de aplicar a televisão, armazenar boxes ou pousar livros e artigos decorativos, é uma aposta ganha!

3.

Rafael Renzo

Em habitações onde as áreas são, à partida, verdadeiramente reduzidas, pondere a fixação de prateleiras altas que ocupem espaços “mortos” da habitação. Além da funcionalidade garantem, ainda, uma importante função estética.

4.

4InTown Arquitetura

A sala de estar é, realmente pequena, e ainda tem de lhe adicionar uma zona de estudo ou trabalho? Os vãos de janela são bastante agradáveis para estas necessidades uma vez que o utilizador não se sentirá claustrofóbico, virado para a parede…

5.

Eloisa Piardi

Uma vez mais, é comum em casas pequenas, equacionar um recanto para trabalhar na sala. Apresentamos uma outra alternativa que, por se situar nas costas de uma estante, não “rouba” demasiado espaço na divisão em causa.

6.

Fadul Copello

Um misto entre duas opções faladas anteriormente. Uma habitação de áreas reduzidas que criou uma parede com estrutura em madeira que além de servir de separação para o quarto é, em simultâneo, o suporte da televisão!

7.

Suellen Figueiredo

Outra das soluções que já nos mereceu, inclusive, um artigo sobre o assunto, diz respeito à importância do mobiliário com dupla função. Acredita que esta mesa de centros lacada de branco tem oculta uma passadeira para os momentos de treino do casal de proprietários? Não deixe de ver o artigo completo sobre mobiliário com dupla função.

8.

Ale Rodrigues

Por vezes, outras das dificuldades encontradas para quem tem sala de estar integrada com sala de jantar é encontrar a mesa certa para aquele espaço. A nossa sugestão é que aposte em mesas com formatos diferentes, como o da imagem, assim como, as mesas redondas que permitem um fluxo muito mais “fluído” e orgânico nas salas.

9.

Julia Herman

Na fotografia de Júlia Herman, vemos na entrada desta sala uma bonita estante de madeira embutida na parede de fundo, deixando livre toda a área restante para o restante mobiliário.

10.

Limit Interiores

Uma sala tão pequena que concentra três soluções apenas neste pequeno recanto! Mesa polivalente (quem sabe transformada em secretária quando necessário?), com blocos suspensos na parede fazendo as vezes de prateleiras e pufes encaixados não apenas para o caso de precisar de trabalhar, mas também, para quando chega mais um…

11.

Limit Interiores

Pouco espaço atrás do sofá? Um lambril de pouca espessura para pousar alguns quadros é o suficiente para não ficar com a sensação de que está totalmente encostado à parede.

12.

Marco António

E, claro, terminamos com o velho truque dos espelhos. Uma parede integralmente forrada com espelho duplica o espaço e cria a ilusão de grande amplitude!