Transformação de um monumento industrial em Vlaardingen, Holanda.

O pedido veio de um investidor privado. O coletivo Firm tinha como missão converter uma parte, com 215 metros quadrados, deste armazém que já soma 120 anos, localizado num dos pontos mais movimentados do Porto de Roterdão. O espaço mal iluminado, combinado com uma fachada voltada para o norte, com apenas algumas janelas, significava que o proprietário só poderia ser um visionário para ‘imaginar’ um espaço de escritório luminoso e tão funcional. É essa capacidade, combinada com as aspirações arquitetónicas e a mente aberta do investidor que, em última análise, conduziu a uma forte aliança entre arquitetura e o design criterioso.

Os arquitetos iniciaram a sua tarefa começando por pesquisar o número e tamanho máximo de possíveis novas aberturas na fachada. E tudo isto, naturalmente, m estreito contacto com o organismo que detém a gestão de monumentos do município.
Depois de garantir o direito de abrir as antigas aberturas na fachada e adicionar novas janelas e portas, foi concedida a possibilidade de criar um espaço bem iluminado. Para melhorar ainda mais o programa, foi decidido interromper a ligação entre o novo interior das antigas paredes, com o seguinte objetivo: as antigas paredes de tijolo ganham uma missão dupla; criação de contraste arquitetónico e garantia de que a luz do dia mínima voltada para o norte flui pelos dois níveis – o piso de vidro em toda a largura da fachada é em boa parte um elemento fundamental. Além disso, foram adicionados espelhos nas paredes em ambos os níveis para aumentar o efeito.

No interior, o princípio de design de subtrair o novo do antigo cria um diálogo enriquecido entre o edifício original e sua função de iniciante. Tal é reforçado pelo uso de material técnico no novo interior, como painéis de parede de alumínio e uma cozinha de aço inoxidável. Os painéis de madeira formam um volume e garante uma acústica perfeita para um escritório.

Ficha técnica

Localização: Koningin Wilhelminahaven ZZ 21
Arquitetos: Firm Architecture
Designers: Niek Joanknecht
Gestor de projeto: Niek Joanknecht
Orçamento: 240.000 €
Fim da data do projeto: 02/2019
Área: 210 m2

Sobre os Arquitetos

Na Firm, acredita-se que o design afeta a qualidade das nossas vidas. Nas cidades, nos prédios, nos escritórios, nas nossas casas. Em 2017, Niek Joanknecht juntou-se a Carolien Roos na Roos Interior Architecture, que a seguir se tornou a Firm Architects. Firm não se foca apenas a estética da arquitetura. Ter experiência em gestão de projetos também lhes permite assegurar um processo tranquilo aos clientes.