Masterplan da área portuária de Huanggang em Shenzhen, na China, prevê transformar-se num verdadeiro centro nacional de inovação tecnológica.

Imagens: Atchain

O futuro plano mestre da Área Portuária de Huanggang em Shenzhen, China, será um ponto importante do Corredor de Ciência e Tecnologia Guangzhou-Shenzhen, criando um centro de pesquisa científica e colaboração em setores como microeletrónica, desenvolvimento de materiais, inteligência artificial, robótica e ciências médicas. Foi projetado pelo gabinete de Zaha Hadid Architects e nós mostramos-lhe tudo antecipadamente!

A reconstrução do edifício do Porto Huanggang permitirá que os atuais 1,67 quilómetros quadrados de estacionamentos e áreas de inspeção de carga do porto sejam reconstruídos como um centro nacional de inovação tecnológica.

Este porto atende atualmente a 300.000 pessoas que cruzam a fronteira com Hong Kong, diariamente. Situado neste importante intercâmbio dentro da região da Grande Baía de Shenzhen, o novo plano mestre incorpora conexões diretas com a rede de metro de Shenzhen.

Centrado em duas grandes praças públicas, o plano define três distritos interconectados: o centro portuário, a área de inovação colaborativa e a zona portuária.

A área de gestão do porto e o intercâmbio de transporte público serão reconstruídos como o distrito de ‘hub portuário’ com escritórios de apoio administrativo e hotéis para cientistas e pesquisadores visitantes.

As antigas áreas de inspeção de carga e estacionamentos do porto serão transformados em uma área de ‘inovação colaborativa’ composta por centros de pesquisa científica e laboratórios, bem como um centro de conferências para receber palestras, palestras e eventos que promovem a troca de ideias e colaboração.

A ‘vida portuária’ ficará localizada perto da estação de metro de Shenzhen, e incluirá empreendimentos residenciais, escolas, instalações desportivas e recreativas, bem como lojas e restaurantes para aqueles que trabalham no parque científico.

A coluna central do plano mestre é uma ampla avenida para pedestres que conecta os dois espaços públicos principais: a praça cívica na estação de metro Fulin e a grande praça pública no centro do hub administrativo no intercâmbio de Huanggang.

O projeto acomoda a futura expansão dos estúdios de pesquisa e laboratórios por meio de pódios compartilhados e pontes que conectam edifícios adjacentes.

Cada agrupamento menor de edifícios tem o seu próprio “núcleo” de uma praça comum ao ar livre, garantindo que os espaços para a natureza sejam integrados em todo o plano mestre que também criará um cinturão verde de parques e pântanos ao longo do Rio Shenzhen.

Ficha Técnica:

Architect: Zaha Hadid Architects (ZHA)
Design: Patrik Schumacher
ZHA Project Directors: Charles Walker, Nils Fischer, Simon Yu
ZHA Project Associate: Jakub Klaska, Lei Zheng
ZHA Competition Team: Chun-Yen Chen, Marina Dimopoulou, Matthew Gabe, Stratis Georgiou, Rupinder Gidar, Charles Harris, Boyan Hristov, Jinqi Huang,Yen-fen Huang, Han Hsun Hsieh, Martha Masli, Xin Swift