Um espaço integralmente inspirado nas tatuagens yakuza, do pavimento ao teto.

Fotografia via Vincent Coste Achitecte

Koi Aix é um restaurante janponês situado em Aix en Provence, no sul de França, com projeto de design de interiores assinado pelo arquiteto Vincent Coste.

A sua inspiração é clara e teve origem nas famosas tatuagens da yakuza (termo associado à organização criminosa japonesa).Todo o restaurante é revestido por enormes ilustrações monocromáticas que ocultam grande percentagem do pavimento, paredes e teto.

As imagens retratam o peixe japonês, igualmente denonimado Yakuza. Toda a parte gráfica teve a mão da incrível Claire Leina, que assinou todos os desenhos num tema que se estende às várias salas e recantos do restaurante, incluindo as loiças.

A renovação do espaço incluiu igualmente o design dos móveis, com a inclusão de cadeiras vermelhas dando um toque de cor e ousadia às divisões predominantemente pretas e cromadas. O aço e os assentos metálicos também complementam os interiores assumidamente monocromáticos onde parte do conforto é garantido pelo piso de madeira.

Existe ainda um terraço coberto na parte de trás do restaurante que permite refeições ao ar livre, e na casa de banho uma original versão bordô do motivo tatuado!

Ficha Técnica do projeto:

Arquiteto: Vincent Coste

Gerente de Projeto: Jérôme Garzon para Vincent Coste Design Studio e associados

Design gráfico: Claire Leina

SOBRE VINCENT COSTE ARCHITECTE

Vincent Coste abriu o seu atelier de arquitetura em St. Tropez no ano de 2000, após colaborar com Rem Koolhaas em Rotterdam e Oscar Tusquets, em Barcelona.

A sua abordagem, baseada na sua formação arquitectónica, está fortemente ligada a um contexto mediterrânico: do clima, à cultura, ou história. Cada projeto arquitetônico que ele cria tem em consideração os limites físicos de uma casa, tornando cada projeto único.

Graças ao próprio interesse de Vincent em design de interiores, é capaz de oferecer um cenário global através da arquitetura, design de interiores e concepção de móveis.

O atelier tem atraído pessoas dinâmicas e talentosas que recorrem aos mais sofisticados equipamentos internos, e uma biblioteca de materiais continuamente atualizada e uma sólida biblioteca de referência. Conta também com uma rede de especialistas para atender aos requisitos específicos de cada cliente. A agência é formada por especialistas em crossover (três arquitetos DPLG, um designer da Ecole Boulle, um designer de interiores e um assistente executivo) que facilitam a criatividade e o projeto arquitetónico em todos os seus campos interligados: arquitetura, design de interiores, móveis, construção ambiental e urbana.