São 45m2 de muita cor e pura brincadeira!

Fotografia: Denilson Machado, do MCA Estúdio

O terceiro piso desta habitação transformado pela arquiteta Amanda Miranda é hoje um lugar alegre, mágico e cheio de luz onde qualquer criança gostaria de se aventurar.

Quando a procuraram, os proprietários pediram à arquiteta um espaço para o seu filho de 6 anos ver televisão, ler, desenhar, brincar com legos e receber primos e amigos da mesma idade.

Como é característico nos sótãos, os tetos são esconços mas suficientemente altos alguns pontos e, sobretudo, com uma área desafogada e plena de luz natural, perfeita para os objetivos dos moradores.

A proposta da especialista passou por uma divisão orgânica de ambientes de acordo com cada atividade. Entre as quais uma cama de tatame generosa o suficiente para receber avós, primos e outros familiares que se queiram reunir no novo espaço de brincadeira.

A madeira e os tons de amarelo e branco nortearam o projeto. É sabido que o amarelo é uma cor que estimula a criatividade, o intelecto e determinado raciocínio ou atividades mentais. Motivo pelo qual não poderia faltar neste espaço pensado para dar asas à imaginação.

Já para os tatames, foi selecionado o o azul escuro que em equilibrar o excesso de informação no espaço. Destacamos ainda o verde da grama sintética que reveste a “colina de espuma”, próxima da janela.

A arquiteta reuniu o máximo de soluções para estimular atividades, inclusivamente um palco para realização de teatro e brincadeiras, piscina de bolinhas. Nada foi deixado ao acaso, do lavatório de apoio à iluminação direcionável.