A empresa Highgate criou a sua marca própria, “The Gates”, com dois hotéis em Miami, South Beach e Key West, Florida, e inicia agora a sua jornada na Europa, escolhendo Barcelona como um ponto de partida.

FOTOGRAFIA: JOSÉ SALTO

Entre a nova Diagonal e Poblenou, no edifício que foi projetado há uma década por Juli Capella, ao lado da Torre Jean Nouvel, e após uma série de reabilitações, nasceu o The Gates Diagonal Barcelona, na Avenida Diagonal.

Ao longo dos seus 9 andares, os 240 quartos, o lobby, a cafetaria, o bar de cocktails e o jardim, para referir alguns dos espaços marcantes, fazem deste novo hotel uma proposta que reflete o ritmo da cidade lá fora, como um pedaço de tecido urbano trazido para o interior.

O grupo de investimento em hotelaria Highgate é o maior operador de Manhattan, onde administra 10% do mercado hoteleiro. Fundada há 30 anos nos EUA, a empresa possui mais de 100 hotéis no mundo. Em 2016, a Highgate cria a sua primeira marca própria “The Gates“, com dois hotéis em Miami South Beach e Key West Florida, e está agora presente também na Europa, escolhendo Barcelona como ponto de partida. E escolheu, nem mais nem menos, morar  na área entre a nova Diagonal e Poblenou, no edifício que foi projetado há uma década por Juli Capella.


A saber: O edifício foi adquirido no início de 2017 e após uma série de reabilitações exibe-se com novo visual, na Avenida Diagonal, junto à Plaza de las Glorias, a um passo do Disseny Hub, no lugar onde o engenheiro e político catalão Ildefons Cerdá previu o novo centro da cidade, no cruxamento das avenidas Diagonal, Meridiana e Gran Vía.

Sob a designação ‘local, autêntico e não convencional’, The Gates Hotel Diagonal Barcelona abre o hotel ao público local com uma nova cafetaria de inverno, um terraço ao nível da rua, e a possibilidade de desfrutar do mesmo e das suas vistas  privilegiadas. Tudo isto, numa mesca bem conseguida entre a vanguarda e a energia de Nova Iorque e toda a criatividade de Barcelona.

O projeto de design de interiores de Carmen Laner é influenciado tanto pelo contexto local quanto pela própria cidade. A Plaza de las Glorias é uma das maiores obras atualmente em construção em Barcelona, com data de conclusão prevista até 2020. O novo parque, projetado por Ana Coello em colaboração com a Agence Ter, irá fornecer instalações ecológicas necessárias e representa um elemento chave do célebre projeto urbano de Ildefonso Cerdá para Barcelona, originalmente projetado em 1860.

O novo design do lobby é rico em arte e design, numa referência à cidade histórica e contemporânea. A decoração recorre aos materiais naturais como mármore, latão e nogueira, utilizados em todo o projeto.

Para além disso, o acabamento em gesso branco nalguns elementos lembra o estilo do período modernista em Barcelona, com as suas composições tipicamente assimétricas e superfícies cruas.

As áreas de descanso são decoradas com sofás com luxuosos estofados e poltronas em cores vivas, em contraste com o tom neutro do piso que unifica toda a área do lobby. Por seu turno, os bancos de bar e as mesas auxiliares aludem ao estilo modernista com as suas silhuetas ergonómicas e orgânicas.


As ilhas de assentos foram organizadas em torno do salão e da biblioteca, com sofás e bancos feitos à medida pela empresa valenciana Interdecor, proporcionando uma área íntima e privada ideal para conversas e atividades de trabalho, respetivamente. As mesas de mármore no salão do átrio são Tacchini e Flexform, enquanto o piso de cimento foi suavizado com os tapetes Nanimarquina Tres.

O uso de plantas e vegetação em todo o lobby foi pensado como uma continuação do projeto Ana Coello para Glories, com grandes samambaias em vasos e plantas penduradas que introduzem a natureza num espaço cheio de luz natural. O esquema de iluminação reforça a sensação de intimidade, e verde, com a luminária Palma de Antoni Arola, fabricada pela empresa de Barcelona Vibia, amplamente utilizada.

As obras de arte são integradas de forma subtil, fazendo referência a Barcelona, a cidade anfitriã. Um projeto mural para o escadas do artista García Hernández recria um mapa visual das silhuetas dos edifícios emblemáticos, incluindo o hotel, desenhado por Juli Capella em 2004. O mesmo artista também é responsável pela caricatura de Cerdá. O mural de cerâmica atrás da recepção, emoldurado em madeira, é um tributo à Avenida Diagonal, uma das ruas mais emblemáticas de Barcelona.

www.gateshotelbarcelona.com

7
C3 House by Barclay and Crousse. Para começar a semana só com boas ideias (sonhar comanda a vida e no que nos diz respeito é uma boa ideia sonhar com momentos assim...) Via @meetmyproject | fotografia @estudiopalma

#barclayandcrousse #outdoordesign #outsoorfurniture #mobiliarioexterior #bythepool #landscape_hunter #architectures #archilovers #architektur #architecture #architect #dreamhouse #archproject
2
Linda, a cozinha que serviu de teaser à nossa mais recente edição da #revista_urbana, nas bancas, e que não conseguimos deixar de admirar... e sonhar com uma assim, com vista de mar - living by the sea é a sua assinatura. A N_Elle da Cesar Cucine só podia ser designed in #Italy

@cesarkitchens

#cesarcucine #kitchenswelove #kitchendesign #livingbythesea #kitchenwithaview #monolithic #freedom #espacocozinha #cozinhadesign #design #designlife #interiordesign #draw
Sem mais artigos