A Balmain anunciou a abertura da sua primeira flagship italiana. Situado na prestigiada Via Montenapoleone, em Milão, a boutique de 280 m² apresenta as coleções femininas e de acessórios da marca dispostas ao longo dos dois andares.

O interior apresenta um novo conceito de loja da marca, concebido pelo diretor criativo Olivier Rousteing e projetado em parceria com os três jovens arquitetos do Studio AMV de Paris: Anna Philippou, Marie-Charlotte Prosperi-Fouchard e Victoire Guerlay.

©DiegoDePol

©DiegoDePol

“Nasci e cresci em Milão – mas a verdade é que esta abertura tem pouco a ver com o orgulho na cidade natal”, explica Massimo Piombini, CEO da Balmain. “Montenapoleone é um dos endereços de moda icónicos do mundo – provavelmente há apenas cinco outros locais no mundo como este – e depois de abrir no SoHo, Mayfair e Melrose, este foi o próximo passo lógico para Balmain.”

Cada endereço Balmain canaliza a história única da casa e a nova boutique de Milão não é exceção. A emblemática flagship original de Paris foi renovada como um clássico apartamento parisiense para o fundador Pierre Balmain, Londres foi projetada para ser o pied-à-terre de M. Balmain em Mayfair e ambos os espaços Melrose e SoHo foram inspirados pela Villa Balmain, o retiro de Balmain na metade do século na ilha italiana de Elba.

©DiegoDePol

©DiegoDePol

Para Milão, o diretor criativo Olivier Rousteing orientou os arquitetos do Studio AMV a concentrarem-se nas raízes parisienses da casa. “Como este design servirá como um protótipo para todos os endereços futuros, Olivier queria que o stress fosse colocado diretamente na segunda parte do nome oficial da casa: Balmain Paris”, explicou Anna Philippou, do Studio AMV. “Ficou claro para nós que queria que Balmain transportasse Paris para todos os cantos do mundo, para que cada visitante de Balmain sentisse a atmosfera de Paris, onde quer que estivessem. Mas ele também garantiu – a cada passo do processo – que isso era feito de uma maneira moderna, evitando todos os clichés esperados ”.

A inspiração: o clássico parisiense Hôtel Particulier

©DiegoDePol

©DiegoDePol

Rousteing supervisionou os esforços do Studio AMV para criar o novo conceito de loja da Maison. “As nossas sessões de brainstorming partiram de um consenso sobre a necessidade de nos focarmos na arquitetura residencial parisiense clássica”, explica Rousteing. “A partir daí, acabamos por dividir os códigos do hôtel particulier em dez elementos particulares, cada um deles associado a uma assinatura chave da Balmain. Era desejado enfatizar a experiência, intimidade e descoberta, e para tal dividimos o espaço nma série de salas conectadas e distintas, cada uma inspirada no visual de um espaço (biblioteca, jardim, boudoir, etc) e cada uma dedicada ao espaço e exibição de uma coleção Balmain. ”

“De muitas maneiras, o interior da loja de Milão ecoa os princípios que norteiam todas as nossas coleções Balmain”, explica Rousteing. “Embora cada oferta reconheça e cumprimente a singular herança da casa e o impressionante savoir-faire, a minha equipa garantiu desde o início todo o planeamento com base na forma como a geração de hoje vive e se veste. Essa mesma dualidade histórico-moderna pode ser vista no novo
projeto de protótipo para Milão.

©DiegoDePol

©DiegoDePol

O parquete, as molduras, candelabros, cortinas e espelhos fazem referências claras a elementos clássicos – mas sem tentar criar algum tipo de peça de museu ou casa de bonecas. “Em vez disso, o que fizemos foi brincar com cada referência histórica, certificando-nos de que os designs são modernos e elegantemente trabalhados com os melhores materiais. Este é um espaço onde eu sei que o Exército Balmain definitivamente se sentiria em casa. ”

©DiegoDePol

©DiegoDePol



Via Montenapoleone 27D, Milão
Tel: +39 02 36692430

Sem mais artigos