O apartamento goza de uma bela vista sobre o Prospect Park, em Brooklyn, Nova Iorque, mas a configuração da sala não aproveitava a sua localização. O atelier de arquitetura Baao reconfigurou os interiores de modo a tirar partidos dos espaços partilhados e garantir usos flexíveis.

Os espaços de convívio foram consolidados numa única e ampla sala aberta com vista para o parque, com um espaço de estar / jantar flexível que pode ser ‘limpo’ de móveis para permitir sessões de ioga conduzidas pelo proprietário.
O quarto principal foi ampliado num conjunto de espaços em layers, para criar uma pequena sala de som e imagem e um espaço para dormir mais isolado.
A cozinha foi realojada no centro da casa, com ligações visuais para os dois espaços da família. O quarto da filha desfruta de uma vista do canto do parque.
A paleta de materiais de carvalho branco e manchas de cor assegura espaços claros e arejados. A cozinha é uma mistura de armários Ikea e estantes de carvalho personalizadas com um painel traseiro Popham.
As bancadas combinam carvalho e Caesarstone ao redor do lava-loiças. Uma porta de celeiro pintada em terracota separa a master uíte dos espaços de estar. Nesta suíte, uma tela de madeira aberta separa o espaço de dormir do espaço social e oculta a televisão quando não está em uso.
O quarto da filha exibe paredes pintadas num amarelo pálido. As estantes de madeira embutidas e montadas na parede adicionam calor ao WC, em azulejo. Os pisos brancos  unem os espaços e refletem a luz.
Sobre BAAO Architects
BAAO Architects é um coletivo premiado e multidisciplinar sediado em Nova Iorque, com foco na exploração de práticas espaciais e materiais que se adaptam às relações em evolução entre os habitantes e o ambiente construído.