Por a 2 Fevereiro 2024

Sylvain Grasset

Sylvain Grasset formou-se em França em 2002, na cidade de Montpellier. Durante a formação foi para Itália, para o Politécnico de Bari e de seguida para Lisboa, para a Universidade Técnica. Fez projetos em Roterdão e em Lyon e voltou a Portugal em 2007, tendo trabalhado para o arquitecto João Luís Carrilho da Graça.

Em 2010, fundou a Matelier, um atelier de arquitetura com 35 colaboradores no qual realizou vários tipos de projetos. Em 2019 fundou a SGA | Sylvain Grasset Architecture, com a compreensão de que equipas mais pequenas e flexíveis, com um compromisso de rigor e de criatividade, são a melhor resposta para a complexidade do envolvente. A SGA é uma equipa multidisciplinar, “somos pelo poder da imaginação e pelo rigor da execução, somos pelas ideias simples que resolvem problemas complexos”.

Serviços: O atelier SGA | Sylvain Grasset Architecture desenvolve projetos de arquitetura de diferentes escalas e programas. Realiza auditorias e estudos de viabilidade, bem como gestão de projeto e de obra.

Acreditamos que a construção que conta uma história é inspiradora

Rua Nova de São Mamede nº 7, 2ªDto, 1250-172 Lisboa | [email protected] | www.sylvaingrasset.com | Instagram | Linkedin

L.B. Apartamento

Fotografia: Fernando Guerra

Localizado no último andar de um edifício construído na segunda metade do século XIX, este apartamento de tipologia T2, integrado num edifício “gaioleiro” característico da paisagem arquitetónica lisboeta, passou por uma renovação completa, que o transformou num espaço contemporâneo e acolhedor, completo com a decoração curada com peças de design únicas.
A abordagem é inspirada na valorização do existente. Cada espaço, com as suas torções, ângulos oblíquos e particularidades, foi cuidadosamente pensado para criar uma harmonia coerente. Esta é uma renovação feita à medida, tal como a alta-costura de um Boutique Atelier, onde cada detalhe contribui para a singularidade do resultado final.
Procurando preservar a alma original do espaço, evidenciando o sistema construtivo do século XIX, as ripas de madeira “tabique” e cruzes de Santo André, foram cuidadosamente escovadas à mão, para restaurar a sua beleza original. Foi incorporada a pedra texturizada e restauradas as molduras de madeira, envolvendo todos os materiais numa convivência com os elementos modernos contrastantes.
O recurso ao tecto falso, com sancas pontuais, permitiu ocultar a climatização e iluminação, criando uma fusão de técnicas tradicionais e contemporâneas resultando numa atmosfera única em todo o apartamento.
O resultado final é um apartamento onde a tradição e a modernidade se entrelaçam de forma harmoniosa, oferecendo não apenas um espaço habitável, mas um verdadeiro testemunho de elegância e inovação no coração do centro histórico de Lisboa.

Rua do Salitre 183

O projeto localizado na Rua do Salitre, em Lisboa, focou-se na reabilitação de um edifício num estado de conservação bastante degradado, com o objetivo de construir 6 apartamentos, 1 por piso, com acabamentos de alta qualidade e estacionamento incluído.

Localizado nas proximidades do centro histórico de Lisboa, o edifício sofreu uma intervenção que procurou conservar o seu carácter, preservando a sua fachada principal conforme o original.

A nível estrutural, foi executado um novo esqueleto em estrutura de aço, a fim de reforçar a sua estrutura original de betão. Equipado com elevador e lugares de estacionamento privativos, este projeto distingue-se pelos acabamentos de elevada qualidade, destinados a um mercado  distinto.

O projeto destaca-se pelo desenho cuidado das carpintarias, da estereotomia dos acabamentos e do detalhe da iluminação, procurando diferenciar-se pelo uso de diferentes texturas e materiais, potenciando o pormenor e a amplitude dos espaços.

A fachada tardoz, foi totalmente redesenhada, com grandes varandas, de modo a modernizar a sua linguagem, criando uma maior abertura destes apartamentos para a cidade e para o rio Tejo.

Av. Luis Bívar

Reabilitação de um edifício devoluto, com o objetivo de construir 6 apartamentos de alta qualidade, com estacionamento incluído.

Localizado nas proximidades do centro histórico de Lisboa, a Luís Bivar Residence, situa-se no coração do bairro das Avenidas Novas, edificado no final do século XIX. Este conjunto insere-se num bairro equilibrado e harmonioso, fiel ao estilo arquitetónico da Arte Nova, com fachadas homogéneas e largas avenidas arborizadas.

Pelo seu estilo clássico e de inspiração Art Déco, o edifício é um dos mais atípicos e emblemáticos do bairro onde se insere, beneficiando de um ambiente calmo, em frente ao jardim da Embaixada do Vaticano.

O projeto procurou conservar a sua fachada principal com simetrias majestosas, orientadas a sul. Esta reabilitação realça o carácter histórico do edifício, conservando os elementos interiores da época Art Déco, num espírito de conforto moderno e de acabamentos de topo de gama.

Sofreu uma importante intervenção a nível estrutural para a execução de um estacionamento subterrâneo e ao nível da  fachada tardoz foram projetadas grandes varandas, bem como uma piscina ao nível do logradouro. 

Coworking Space

Localizado no piso térreo de um edifício situado no centro de Lisboa, o objetivo deste projeto foi o de transformar um espaço devoluto num espaço de trabalho com aproximadamente 20 lugares.

Projectou-se um “coworking space”, preservando a identidade original da arquitetura, realçando os materiais, mas adequando-se às novas necessidades funcionais.

Foram criadas áreas de trabalho flexíveis, tais como uma zona de copa, zonas de lounge e espaços para reuniões.

Este “coworking space” distingue-se pelo seu espaço exterior, renovado, de carácter romântico, que permite usufruir também de um espaço verde no centro da cidade.

0
Would love your thoughts, please comment.x