Pufes, banquinhos ou mesas de centro, tanto faz, desde que o descanso seja total, o conforto excecional e a missão cumprida.

8. Button, por Studio Res para a Bodema
7. Sofá Pukka e pufe por Yabu Pushelberg para a Ligne Roset
6. Pufe da coleção Nidus, em tecido, por Antonio Citterio para a Maxalto
5. Pufe de tecido Pill, da italiana Tumidei
4. Fuji, desenhado por Francesco Rota Fuji para a MDF Italia
9. Resting Bear, cor malva escuro, design do gabinete Front para a Vitra
3. Pufe modular Eave 75, padrão Tiger, da Menu
2. Conjunto de pufes da HAY
1. Bovist, por Hella Jongerius, para a Vitra
8. Button, por Studio Res para a Bodema 7. Sofá Pukka e pufe por Yabu Pushelberg para a Ligne Roset 6. Pufe da coleção Nidus, em tecido, por Antonio Citterio para a Maxalto 5. Pufe de tecido Pill, da italiana Tumidei 4. Fuji, desenhado por Francesco Rota Fuji para a MDF Italia 9. Resting Bear, cor malva escuro, design do gabinete Front para a Vitra 3. Pufe modular Eave 75, padrão Tiger, da Menu 2. Conjunto de pufes da HAY 1. Bovist, por Hella Jongerius, para a Vitra

1. Bovist, por Hella Jongerius, para a Vitra, travesseiro, banquinho e pufe decorativos, tudo-em-um. O formato atraente e conforto casual são proporcionados pelas costuras radiais cónicas nas laterais e um enchimento compacto de contas sintéticas. A capa de tecido apresenta um padrão vivo numa complexa trama de jacquard. O motivo e o esquema de cores são inspirados no Sofá Vlinder e no seu design multicamadas. Desde €706, na Desenhabitado.

2. Conjunto de pufes da HAY, para uso como banquinho e assento adicional. Graças à sua estrutura leve, o pufe pode ser movido com o mínimo de esforço. Para colocar em qualquer espaço que precise de um toque casual, da sala de estar, quarto das crianças ao corredor. Na Banema Studio.

3. Pufe modular Eave 75, padrão Tiger, da Menu, mistura perfeita de estilo e conforto, generoso e convidativo. O ângulo de assento também se ajusta a espaços de trabalho ou públicos. Descubra sua própria configuração de acordo com seu espaço. Na Banema Studio.

4. Fuji, desenhado por Francesco Rota Fuji para a MDF Italia, da pequena coleção de assentos assinada por Rota cujos grandes, generosos e doces volumes e a silhueta trapezoidal evocam a forma cónica do monte japonês. Ampla variedade de tecidos e cores para escolher, adaptados a vários espaços. Na Galante.

5. Pufe de tecido Pill, da italiana Tumidei, acessório moderno, original e adequado a diversos usos, porque tanto funciona como assento e mesa de centro com baú secreto. Em tumidei.it

6. Pufe da coleção Nidus, em tecido, por Antonio Citterio para a Maxalto, pés revestidos com o mesmo tecido – Savona 258 Sasso -, costura em fio preto, mede ø110×36 cm, procure na Paris-Sete.

7. Sofá Pukka e pufe por Yabu Pushelberg para a Ligne Roset, feito à mão sob encomenda nas fábricas da marca em França, em veludo stretch, disponível em numa paleta de 21 tons fortes e neutros. Curvas voluptuosas ao estilo dos anos 60, silhueta compacta e assento flexível inspirado na flexibilidade de uma esponja.

8. Button, por Studio Res para a Bodema, tamanho grande, quadrado, redondo ou retangular com botões, estofado estilo Chesterfield, disponível em veludo, couro e tecido, para salas e quartos modernos ou tradicionais.

9. Resting Bear, cor malva escuro, design do gabinete Front para a Vitra, o urso que repousa é uma criatura amável, peça decorativa e útil, que funciona como banquinho, pufe, encosto ou móvel infantil multifuncional. Na Desenhabitado.