Um projeto de interiores com uso exclusivo de marcas portuguesas

Fotografia: Rodrigo Cardoso

O projeto de arquitetura tem a assinatura Paz Braga Arquitetura e teve como grande objetivo dar amplitude, luminosidade e espaços de arrumação a um apartamento com cerca de 70m2. A cliente, a designer de animação gráfica Inês Delicioso, pediu apenas que a casa tivesse a casa de banho cor de rosa e a cozinha verde. Um desafio que foi superado com a utilização de materiais da Tosco, tornando este apartamento muito original.

«Neste projeto saí da minha zona de conforto, com o pedido de uma cozinha verde e uma casa de banho rosa. Encontrei a solução perfeita nos materiais únicos da portuguesa Tosco, que iam de encontro à minha estética, mas também à vontade da cliente», conta Paz Braga, que usou também cerâmicas da Primus Vitória e torneiras da Bruma.

«O apartamento tinha dois quartos, mas era muito compartimentado. No entanto, tinha imensas potencialidades, com uma janela enorme que dava para a vegetação. Por estar tão dividido o apartamento não tinha muita luz, mas com pequenas alterações à planta original conseguimos criar um apartamento amplo e muito mais luminoso», explica a arquiteta que aboliu uma das pareces do hall de entrada, bem como a parede que separava a cozinha da sala. Assim, conseguiu ganhar muito espaço útil e também otimizar toda a luz vinda da janela.

Depois do projeto estar terminado o espaço Santo Infante, que também dispõem de um atelier de design de interiores, foi desafiado a decorar o apartamento apenas com marcas portuguesas. Dos móveis à iluminação, passando por todas as peças de decoração, que podem ver nas imagens, pertencem a marcas nacionais. Este foi um desafio muito interessante, que prova que é possível decorar uma casa inteira apenas com artigos nacionais.

Para o projeto interiores o Santo Infante teve em conta a personalidade da cliente, que gosta muito de cor e peças criativas, mas também o seu desejo de ter uma casa organizada. Deste modo, foram selecionados móveis de design original mas com uma vertente funcional muito forte.

Os detalhes foram fundamentais para criar uma harmonia de cores inesperada, onde todas as peças são marcantes. A cor e personalidade das peças de decoração escolhidas enchem o espaço, sem que se tenham utilizado demasiadas peças decorativas, ou móveis excessivamente grandes.

A cor foi muito importante para escolher as peças. O resultado foi um apartamento colorido em que cada espaço se comunica entre si, com muitas texturas e muitas cores e também com muito humor !

Na entrada temos um tapete e um cabide da UTIL que dão um tom de brincadeira à casa. No quarto as cores já são mais serenas, com uma paleta de cor mais natural e muita madeira. A tapeçaria da RITA SEVILHA é uma peça central da sala porque une todas a cores do espaço, com o castanho, o azul do móvel da UTIL, o rosa que joga com o quadro. A vitrine da ADICO também é uma peça importante, não só pela personalidade que imprime à sala, mas também pela arrumação, que em apartamentos pequenos é sempre muito importante. O quadro da BRANCA CUVIER e as peças da CAROLINA CELAS, bem como a mesa de centro da KRUZ, em parceria com a APEWOOD, imprimem um lado artístico fundamental neste projeto, porque tocava o universo da cliente».