Há quem as adore minimalistas e quem as prefira clássicas e acolhedoras. Independentemente do estilo, uma coisa é certa: Querem-se funcionais e potenciadoras da nossa sensação de bem-estar.

Fotografia de destaque: Ricardo Oliveira Alves

Representam uma das divisões mais importantes da casa, mas quando chega a altura da decoração raramente ocupa o lugar cimeiro. Felizmente, esta tendência tem vindo a inverter-se e, muito em breve, poderão tornar-se no centro das atenções!

Há que começar por definir que tipo de cozinha pretende: Funcional e utilitária? Feita para convívios entre família e amigos? Ou, futurista e tecnológica? As possibilidades são inúmeras e devem ser adaptadas à dinâmica de cada família.

Os seus formatos também não são estanques e não devem limitar-se ao modelo linear que muitos conhecemos, onde tudo se desenrola sequencialmente numa parede da divisão. Os formatos em U, em L ou com as chamadas ‘ilhas’ (para citar apenas alguns exemplos), também devem ser explorados.

As especificidades das cozinhas são tantas que já lhes dedicámos artigos onde falámos sobre a regra do triângulo, dos materiais ou iluminação, a otimização de espaço, e até sobre cozinhas baby-friendly.

No que diz respeito às tomadas de decisão de estilo e ambiente alguns truques também poderão ajudar: Definir um tema, deixá-las neutras ou dar-lhes mais cor e personalidade podem ser outros pontos de partida para, finalmente, cozinhar e comer com estilo!

Aqui ficam 15 modelos distintos para que se possa inspirar.