No dia em que se comemora o Dia Internacional da Família, deixamos-lhe algumas sugestões para fazer da cozinha um espaço seguro e saudável para… passar em família!

Estão a tornar-se no coração das casas. E com as últimas circunstâncias que nos têm levado a passar um número de horas ilimitado em casa, em convívio com jovens, adultos e crianças, o melhor é fazer desta espaço uma divisão plena onde apetece estar.

Tradicionalmente, e sempre debaixo de olho, as crianças gostam de colaborar com o cozinheiro da casa. Mais do que um espaço ou momento de brincadeira, a culinária é uma verdadeira aventura e oportunidade de descoberta.

Com um layout adaptado às necessidades da criança onde a segurança esteja garantida será fácil vê-la feliz ao acompanhar os pais, irmãos e avós enquanto cozinham. Ter forno e fogão seguros e bloqueados, objetos pontiagudos e produtos perigosos fora do alcance, as pegas das panelas e frigideiras viradas para dentro são algumas regras básicas. Depois de garantidas estas restrições está aberto o caminho para a descoberta.

Idealmente, a cozinha estará igualmente preparada para que a criança prove, prepare, limpe as suas coisas. Tarefas como retirar os próprios talheres, cheirar a comida que está a ser confeccionadas, tocar ou compor o seu prato são pequenos passos para despertar a sua curiosidade no universo da gastronomia.

Tudo isto enquanto cozinha deliciosas memórias em família! Boas inspirações!

Foto de destaque: Iguana Architects via houzz