Fotografia: José Manuel Ferrão Produção: Amparo Santa-Clara

Não dá bem para descrever o antes desta casa. Decrépita? Abandonada? Desleixada e esquecida, talvez ajude. Cheia de azulejos, muito cheia, e com ‘’mil e uma’’ divisões a mais. Muito mal aproveitada e esquecida.

Hoje a história é outra, completamente diferente.

Esta casa, ganhou felizmente uma nova vida pelas mãos de Paola Almeida Araújo, a mente criativa por de trás do projeto, e do arquiteto Bernardo Daupiás Alves do atelier S3arquitectos, responsável por tornar os sonhos de Paola possíveis.

Numa casa onde nada parecia ser possível de aproveitar, Paola olhou e percebeu que da estrutura original ou como quem diz da ‘’casca’’ da casa era possível aproveitar tudo. Já no interior, as divisões pequenas e atarracadas eram quase impossíveis de usar numa casa moderna. Então a mente criativa começou a trabalhar, depois de anos a trabalhar com peças de arte e antiguidades, Paola sabia bem o queria, e como o iria fazer, mas precisava da parte tecnica para o executar, daí a entrada de Bernardo.

O miolo da casa foi totalmente removido. Da primeira casa, restava apenas algumas paredes mestras, o chão original e uma fachada recuperada. 

Lá dentro um novo mundo, com uma nova estética nasceu.

Agora com um pé direito altíssimo, com janelas por todos os lados e com um aspeto completamente diferente. A casa foi pensada ao mínimo detalhe para uma mulher solteira com gosto em receber, com a vontade de ter espaços amplos e com muita luz natural, com uma boa organização e arrumação. Depois das obras esta vontade foi comprida, agora com dois quartos, um deles suite, uma ampla sala, um escritório, uma cozinha e casa de jantar.

A sala, foi decorada de forma a usar o amplo espaço com duas funções destintas: uma sala mais formal, e outra com a televisão. Do alto podemos ver rasgos de luz que vem de clarabóias do tecto e que iluminam na perfeição a sala e o pequeno mezanino que serve de escritório por cima da sala.

Também na sala encontramos uma escada de ferro em caracol, para cima leva-nos ao escritório, mas para baixo encontramos uma outra zona da casa, igualmente interessante.

No andar de baixo fica a zona da cozinha e casa de jantar.

Num ambiente arrojado e elegante, com muitos elementos ecléticos, este espaço foi concebido para rever amigos, para passar grandes serões. Aqui a mesa de madeira meio rústica é a peça focal. Mas também o enorme espelho que ajuda a ampliar o espaço – é imponente e esmagador.

A cozinha, com design moderno e dentro da paleta decorativa de todo o espaço, foi concebida de raiz e pensada para ser prática e muito útil. Lembrem-se aqui onde está este espaço amplo e moderno foi em tempos uma serie de divisões degradadas e sem luz.

Mas voltando ao piso de cima e passando pelo corredor da entrada, chegamos aos quartos. 

E é da suite que queremos falar.

O quarto é despojado e muito clean, mas é a casa de banho que se torna a estrela de toda a casa, ou não fosse ela ter um quadro pendurado sobre a banheira, com um ar luxurioso que nos lembra quase os loucos anos 20! O candeeiro / lustre  dá o toque final!