Aninhada em Santa Monica Canyon – entre Santa Monica e Pacific Palisades -, esta casa encaixa-se perfeitamente na sua envolvente arborizada, e serve como pano de fundo para uma coleção de arte de classe mundial.

Fotografia: Taiyo Watanabe

Os especialistas em arquitetura orgânica Kristopher Conner e James Perry, da Conner + Perry Architects, foram contratados por um casal de Los Angeles profundamente agarrados à cidade para projetar uma casa que se encaixasse no seu estilo de vida. Além de ter de exibir uma coleção de arte de nível mundial e fundir-se gentilmente no cenário de Santa Monica Canyon.

Inspirados nos grandes carvalhos e eucaliptos em redor da propriedade, a empresa de arquitetura projetou uma residência que permite reflexão, abertura e serenidade. Os principais recursos de design incluem janelas que emolduram as árvores magníficas, alpendres em forma de dossel e paredes exteriores de vidro, que se abrem na totalidade para um pátio central. O equilíbrio perfeito entre a vida em ambientes internos e externos.

Todas as vistas da casa foram projetadas para cativar a natureza ou a arte. Os planos iniciais do protegido de John Lautner, o arquiteto Duncan Nicholson, prepararam o terreno a Kris e James, que concluíram e embelezaram o projeto.

A propriedade albergava antes uma modesta cabana da década de 1940, típica da Califórnia, situada num lote arborizado que começou por servir o Serviço Florestal durante os testes aos eucaliptos nos anos 1910-20. Era importante que os clientes honrassem a história e salvassem o máximo possível da casa original. Dado seu amor pelo bairro e pelas suas árvores majestosas, toda a madeira de eucalipto deitada abaixo e encontrada na propriedade foi aproveitada para o fabrico de móveis de exterior e outros elementos-chave dentro da casa – incluindo as grandes portas de entrada. Na mesma linha, os materiais usados para o exterior da nova casa foram selecionados pela sua natureza orgânica, capacidade de envelhecer no local e compatibilidade com o clima – caso do revestimento de madeira carbonizada (Shou Sugi Ban), cobre, aço e cimento. Os materiais internos foram escolhidos de modo a refletirem a natureza exterior, incluindo uma mistura de calcário cinza e carvalho francês para o revestimento, latão envelhecido, elementos de aço enegrecido e uma variedade de mármores e azulejos, incluindo os azulejos de arte de Lubna Chowdhary.

Para os clientes, que cresceram no bairro, a possibilidade de colaborar no processo de design e criar um espaço para a sua impressionante coleção de arte foi um sonho. Para a Conner + Perry, a casa representa exatamente o que os clientes desejavam – uma experiência interior / externa, por excelência, da Califórnia, onde tudo parece aberto e uno.

“Cada um deles descreveu a casa como tendo uma qualidade mágica ou mística, permitindo a entrada de luz nos momentos certos, bem como as sombras das árvores e um efeito de espelho calmante”, referiu Kristopher Conner.


FICHA TÉCNICA

Designers de interiores: Olivia Williams, Olivia Williams Design de Interiores e Matthew Merrell, Merrell Design Co.
Construtor: Michael Robinson, empresa de desenvolvimento e construção de RAM, Inc. e Dick Minium, Dick Minium Construction
Arquitetura paisagística: Case Fleher


Sobre Conner + Perry Architects

A Conner + Perry Architects foi fundada em 2015 em Santa Monica, Califórnia, pelos parceiros Kristopher Conner e James Perry, que se conheceram enquanto trabalhavam com o arquiteto Duncan Nicholson. Ali, foram treinados segundo a filosofia e tradição da Arquitetura Orgânica, como foi ensinada a Duncan por um mestre de renome mundial da arquitetura moderna, John Lautner. O legado dessa arquitetura remonta a Lautner até seus antecessores, Frank Lloyd Wright e Louis Sullivan. A Conner + Perry Architects quer trazer essa filosofia de design para uma prática contemporânea que lide com os desafios e preocupações dos clientes e do mercado atual, mantendo viva a sensação de intemporalidade inerente a uma arquitetura que é, ao mesmo tempo, única, profunda e útil .