A loja da marca de chá chinês renova-se com um conceito diferenciador assente na interação visual. O projeto foi assinado pelo gabinete de arquitetura X + Living e não deixa ninguém indiferente.

Fotografia: X + Living

A conceituada marca de chá verde, Zhuyeqing, com produção em Chengdu, levou a cabo uma remodelação cujo resultado tem um design verdadeiramente diferenciado que permite inúmeras possibilidades para a exploração da experiência do consumidor.

Beber chá requer um ambiente favorável e uma atmosfera muito zen. O conceito da nuvem e da montanha salpica um par de pinturas feitas à mão de paisagens chinesas elegantes e bonitas no espaço limitado fechado. As “montanhas” estendem-se naturalmente no espaço vertical e horizontal transformando de uma forma natural e orgânica a “montanha” em “nuvem”. Os dois símbolos naturais surgem numa alusão ao local de origem ecológica natural do chá verde zhuyeqing.

Os balcões em forma de montanha parecem envoltos na névoa com painéis curvos que os conectam desenhando um arco gracioso no ar. Além de darem resposta ao requisito funcional de expor produtos, também contribuem para a riqueza da composição estética do espaço, oferecendo aos consumidores uma variedade de perspetivas.

Os designers conseguiram criar engenhosamente uma experiência sensorial incomparável para os consumidores, com grande impacto sensorial. Enquanto caminham pelo espaço, como se viajassem através das nuvens, os consumidores podem podem apreciar a ‘natureza’.

A escala, textura e tons com que tudo foi recriado adicionam ao espaço uma conceção artística digna de uma galeria de arte. Esta nova exploração do modo de consumo associado à experiência de beber chá rompeu a forma tradicional como até então era encarado.