Pequenos jardins ou terraços na cidade ajudam a aproveitar os dias solarengos deste verão. Mas o puro relaxamento, esse é seguramente potenciado através de uma forte ligação à natureza e, para isso, não há nada como tirar partido dos materiais naturais!

Fotografia de destaque: Manuel Sá

Muitas vezes, mesmo num espaço limitado o espaço exterior deve ser equipado e decorado tal como se fosse uma sala de estar, respeitando os mesmos códigos e preocupações. Trazer vegetação ajuda a conferir o “ar de campo” e a aumentar a frescura entre prédios, (preferencialmente, longe de olhares curiosos)!

As madeiras e os conjuntos de exterior em verga, e similares, são elementos incontornáveis nos espaços ao ar livre. Estes, combinados com outros materiais improváveis resultam em espaços incríveis. Além disso, arborizar os espaços de que disponibilizamos pode influenciar mais o bem-estar do que se pode, à partida, supor. O importante é adaptar a dimensão das plantas ao espaço disponível e, sobretudo, perceber quais as que resistem ao calor e impacto do sol direto, assim como quais os cuidados a ter para a sua manutenção. A nossa sugestão antes de se aventurar é informar-se e aconselhar-se sempre com um especialista, previamente.

Aqui ficam 12 sugestões de ambientes que (com)provam a importância dos materiais e da vegetação em qualquer terraço, varanda ou jardim, mesmo na cidade!

Mariela Apollonio

Paulo Lima