Acabamentos em carvalho europeu, e peças com assinatura de autor, marcam o apartamento de duas irmãs.

Fotos: Ruy Teixeira

O apartamento com projeto assinado pela arquiteta Cida Portes resulta numa habitação de estilo contemporâneo, onde vários ambientes se integram. O objetivo foi o aproveitamento total das áreas, onde algumas das quais passam a desempenhar novas funções.

A entrada do apartamento, a sala de estar e home theater e zona de jantar respeitam a mesma linguagem e acabamentos. O pavimento e paredes com madeira nobre Carvalho Europeu conferiu maior sofisticação à habitação.

O mobiliário e acessórios decorativos foram selecionados a dedo e fazem parte do repertório de designers de autor, entre os quais, Sérgio Rodrigues ou Jader de Almeida, para citar apenas alguns exemplos.

A sala  recebeu o sofá italiano Hermann e prolonga-se até ao Home Office, a sua estrutura imita a calda da baleia do romance Moby Dick e é uma criação dos designers Maurizío Manzoni e Roberto Tapinas.

Destacamos também a coluna verde do jardim vertical que parece ocultar um pilar que passou de obstáculo a ponto de atração.

A lareira também ajuda a integrar os ambientes que são, igualmente, homogéneos em termos de cores. Todas suaves, casam na perfeição com as texturas que conferem conforto.

Para complementar este projeto os quartos são bem leves com pouca informação, e em tons pastéis, onde grande parte do mobiliário foi criado pela própria arquiteta e feito sob medida. O aproveitamento de todo o espaço Inclusive a integração da varanda teve muita importância para criar ambientes que pudessem organizar os pertences pessoais.