(Com muita pena) Nem todos conseguimos ter um closet, porém, isso não é razão para desanimar, nem tão pouco ter a sua roupa e acessórios pouco organizados. Aqui ficam quinze soluções para adaptar no seu quarto.

Fotografia de destaque: António Moutinho

Pouco habituais durante anos, os closets começaram (finalmente!) a ser parte integrante da planta das habitações, sobretudo, em construções mais recentes. Ainda assim, ter um closet autónomo do quarto, numa divisão própria, devidamente planeado e com armários personalizados às suas necessidades, e executados por medida, continua  a não ser possível em muitas habitações.

Os walk in closet, como também podem ser chamados, estão associados ao luxo e sofisticação. Independentemente de se tratar de um closet de sonho com tudo a que tem direito, ou um closet executado com custo reduzido, têm um denominador comum: o facto de cumprirem o propósito de vestiário, simultaneamente, com o da arrumação (com ou sem portas!).

Em paralelo, existem os roupeiros ou armários de roupa que muitas vezes vêm já integrados na arquitetura da casa de forma embutida, que permitem um armazenamento indispensável aos seus itens pessoais. São, habitualmente mais acessíveis em termos de valores, os modelos disponíveis são inúmeros e passíveis de adaptar complementos de acordo com o objetivo: guardar acessórios, cintos, calçado ou joias.

Do mais tradicional ao mais arrojado, aqui ficam 15 modelos para se inspirar!