Escolher a iluminação certa para o quarto vai muito além da questão estética e até funcional. Uma escolha errada pode, simplesmente, arruinar o desejo de um quarto sereno e confortável.

Imagem de destaque: Paulo Lima

Uma vez desfeitas possíveis dúvidas mais técnicas e iniciais – abordadas aqui – passamos à parte divertida do processo! O problema é que a variedade de candeeiros disponível no mercado é tanta que é fácil perdermos o foco no que diz respeito ao que realmente necessitamos.

Somos fãs de todos os candeeiros auxiliares à mesa de cabeceira, dos suspensos no teto, aos de mesa, nas cabeceiras, passando pelos das cómodas ou noutros armários de apoio. Por vezes, um candeeiro de pé também funciona bem como iluminação auxiliar criando um impacto visual super interessante no quarto!

Os candeeiros de quarto iluminam mas também dão calor e conforto. A sua aquisição é importante e deve ser tomada com segurança na peça que escolheu.

Estude a decoração e planeie, deve estar em conformidade com o estilo do resto do quarto. Mesmo que misture diversos estilos, encontrar harmonia, é fundamental.

Dos modernos, aos futuristas e contemporâneos, aos rústicos e campestres, passando pelos clássicos intemporais.

Além da questão do estilo deve avaliar questões diversas, como por exemplo, se a sua base é um obstáculo a qualquer elemento que queira lá pousar, um livro, um copo de água ou outro.

Os candeeiros das mesinhas de cabeceira são usados, maioritariamente à noite, quando após um dia de trabalho, chega o tão merecido privilégio de um momento a sós de leitura.

Muitas vezes, o candeeiro de teto está presente, embora de forma discreta, apenas com um plafond, cumprindo o objetivo de uma iluminação geral, sobretudo se a divisão for pequena. Por outro lado, se o quarto  tiver dimensões generosas e fizer parte dos seus gostos, por que não ponderar uma solução suspensa?

A luz deve ficar bem distribuída na divisão, mas ao contrário das cozinhas ou casas de banho, não necessita de ser uma iluminação branca e fria, pelo contrário, uma lâmpada de temperatura mais quente é sempre mas bem recebida em qualquer quarto.

Não se esqueça que, a par com a componente funcional, um candeeiro é sempre um elemento de decoração!

E, sobretudo, não tema ousar ou fugir ao convencional!