Uma remodelação integral, assinada por Carola Vannini, dificil de reconhecer aos olhos de quem a viu anteriormente.

Fotografia: Carola Vannini Architecture Segundo memória descritiva

Abrir o espaço ao exterior e à iluminação natural foi a principal premissa deste projeto. O corredor foi eliminado e foram criadas três portas de vidro na parede que separa a área de estar do amplo terraço.

A antiga estrutura do edifício foi enfatizada pela restauração dos preciosos tetos de madeira. Um verde sage com toques muito leves de ouro e prata foram selecionados para iluminar as decorações.

Na sala, (onde o teto existente era em simples gesso cartonado) o duplo pé-direito do espaço foi trazido de volta à vida. Um espaço de escritório aconchegante ocorreu sob as vigas de madeira restauradas.

A cozinha foi desenhada pelo arquiteto de forma a estar aberta tanto para a sala de jantar como para o espaço exterior. Debaixo da ilha surge um tapete de ladrilhos antigos (retirados do anterior pavimento e, posteriormente restaurado). Foi agora colocado e ajustado às proporções necessárias, a fim de criar uma incrustação peculiar no piso de madeira.

A área privada da casa é composta por dois quartos e duas casas de banho.

A suite compartilha o teto com a casa de banho principal, do qual é separado por uma parede que não chega a tocar o teto e é emoldurado por uma estrutura de ferro e vidro. Isso permite que a visão do teto seja contínua e a luz flua livremente para ambos os espaços.

O terraço tem uma cozinha exterior feita à medida, desenhada por Carola Vannini, uma bem como, uma sala de estar e de jantar.

As cores quentes e os detalhes em preto são o fio condutor de todo o projeto, enquanto conferem, em simultâneo, caráter e aconchego sem abdicar de alguns toques modernos.

Tudo nesta luxuosa residência foi pensado ao detalhe e nada foi deixado ao acaso, comprovando que tudo em Design de Interiores pode fazer a diferença.