Localizada no sul de França, o projeto “villa tranquila” atende a um contexto tão particular que não vai ficar indiferente.

Situa-se entre um galpão de vinha a oeste, orientada a norte e com uma vista deslumbrante sobre o vale. O projeto assinado pela Artelabo teve como objetivo criar condições para uma intimidade voltada inteiramente para a paisagem.

A arquitetura é caracterizada por uma composição regular, simples e sistemática, organizando-se em quatro pátios dentro da residência. O seu jogo de composição e ausência de uma abertura lateral fazem deste um original elemento arquitetónico.

Também os materiais de construção utilizados, são comuns e típicos nesta região: alvenaria, gesso e telha. O que leva a um impactante contexto, ligação cultural e paisagística entre a construção e o seu local.

A relação entre a sua aparência externa opaca e fechada e a intensidade da luz é intencionalmente contrastante, sobretudo proporcionada pelos pátios que dão força ao seu espaço interior. Todos os quartos abrem ao exterior através de um único sistema de portas de vidro alinhadas.

O pavimento igual por toda a casa permite, igualmente, a extensão dos espaços interiores para o exterior com maior fluidez.

Cá fora, destaque para a porta exterior desenhada especificamente para o local, num elemento arquitetónico marcante.

A moradia tranquila que resulta, indiscutivelmente, num ambiente de vida poético, íntimo e sereno.

Fotografias: Direitos reservados / Artelabo.