BLUE KITCHEN

Uma das cores favoritas quando se fala em decoração mas muito pouco vista no contexto de uma cozinha. Quem se atreve?

Fotografia: Alen Cordic

A interior stylist Emma Fisher ousou e conquistou no apartamento que hoje lhe mostramos. A pequena cozinha desenhada pela própria e executada pela Vedum vem mostrar que mesmo nas casas pequenas ou divisões de dimensões menos generosas é possível criar ambientes únicos, personalizados e acolhedores.

O seu layout não permite o triângulo perfeito recomendado nas cozinhas (recorde-se que o triângulo é uma solução imaginária entre o lava-loiça, o fogão e o frigorífico facilitando a mobilidade e tornando o espaço mais funcional), mas do ponto de vista do design a cozinha está bem pensada, inclusivamente por estar integrado com a sala.

Os armários lacados de tom azul combinam com bancada e roda tampo cinzento. Foi ainda adicionada uma régua de madeira para os utensílios ficarem à mão. Uma solução simples e rápida de executar que se revela, em simultâneo, funcional.

A inteligente escolha do tom da cozinha está relacionada com o ambiente do restante apartamento. Não apenas pelo facto de a sala manter o aconchego da madeira, nomeadamente através da mesa e icónicas cadeiras de jantar dinamarquesas J39, mas também pelo próprio sofá, azul integral.

O original candeeiro suspenso de riscas azuis e brancas é um elemento pouco expectável não apenas pela localização mas também pela sua forma descontraída e informal, bem ao mood da restante habitação.

À semelhança da sala também os quartos usufruem de uma enorme luminosidade e alguns detalhes com um toque de design. Nomeadamente, a cadeira Torso desenhada por Lisa Hilland, ou o candeeiro de mesa Mantis.

Se adora ambientes escandinavos não deixe de ficar a par das suas tendências e de ver outras casas inspiradoras aqui mesmo, em URBANA.PT.