Numa área considerável, com 87 hectares de vinhas, coabitam um hotel boutique, um spa, um clube, um restaurante, um clube equestre e várias áreas destinada à prática desportiva.

Fotografia: Ivan Reyes
San Miguel de Allende é um dos principais pontos turísticos do México, com atividade vinícola em toda a região o que permitiu um crescimento económico e turístico significativo. Nos últimos anos, as vinhas que oferecem degustações e passeios, além da arquitetura de tirar o fôlego, provaram ser uma combinação popular. É neste contexto que o coletivo ASP teve a oportunidade de se envolver num projeto para desenvolver um complexo multiusos numa propriedade com uma pequena colina.
O projeto consiste num layout dividido em propriedades privadas de 6.000 a 8.000 m², além de 87 hectares de vinhas e edifícios destinados ao lazer e relaxamento públicos. As áreas públicas incluem um hotel boutique, um spa, um clube, um restaurante, um clube equestre e várias zonas de desporto.
A intenção do design foi desenvolver uma estética complementar, em vez de competir com os elementos existentes. Os arquitetos do ASP alcançaram o objetivo integrando cada volume na paisagem ao mesmo tempo que usaram plataformas horizontais de cimento e pedra estrategicamente localizadas para impedir vistas obstruídas de dentro de cada espaço.
Os materiais utilizados, incluindo pedra, madeira, terra, cascalho servem como elementos unificadores devido ao seu acabamento cromático e neutro, bem como às suas origens locais.
O complexo também possui um pomar que fornece alguns dos ingredientes frescos do restaurante. As vinhas recebem a necessária água graças a um sistema de irrigação por gotejamento, fornecido por dois poços existentes. Como parte do hotel boutique, um lago artificial foi projetado para gerar microclimas e microambientes que favorecem a paisagem.
Sobre ASP
ASP é uma empresa de arquitetura localizada na Cidade do México, fundada em 2014 por Sergio Portillo Alarcón, cujo histórico inclui mais de uma década de gestão de todos os aspetos de uma empresa contratada.
O escritório concentra-se em gerar valor por meio de práticas contemporâneas de arquitetura e urbanismo. A abordagem é sensível ao contexto e ao meio ambiente, combinando materiais de alta tecnologia com produtos adquiridos regionalmente.