Fica em Vinkeveen, Holanda, é um projeto dos coletivos i29 interior architects e Chris Collaris, e foi considerada ‘Casa do Ano’ pelos Frame Awards 2019

FOTOGRAFIA: EWOUT HUIBERS

No meio da natureza, em Vinkeveense, esta pequena casa de férias ocupa o mínimo de espaço possível (área do piso: 75m2), mas mesmo assim passa a sensação luxuosa de espaço, quando mais não seja porque todos as vistas ao redor são da natureza. A casa, compacta, foi construída para uma família de quatro pessoas, e inclui  uma sala de estar, uma cozinha / sala de jantar, um pátio, três quartos, um WC e dois duches.
O layout foi desenvolvido de dentro para fora, o arranjo inteligente das funções faz uso de cada centímetro quadrado. Situada num lote perto do lago, o posicionamento do volume do edifício está relacionado com as vistas sobre a água circundante e a orientação ao sol. Ao dividir o volume em quatro partes, as vistas panorâmicas e a luz solar tornam-se muito específicas.
Do lado de fora, a diversidade de tamanho e o posicionamento interconectado criam uma imagem escultural, parecendo diferente de todos os ângulos. A fim de intensificar esta qualidade escultural, todas as fachadas têm um design minimalista, com as bainhas do telhado invisíveis e os caixilhos de janelas escondidos atrás da fachada de madeira. Todos os volumes integram grandes janelas ou portas deslizantes que podem ser abertas completamente para fundir por completo o interior com o exterior. No interior, as dimensões e alturas dos diferentes volumes articulam claramente as áreas e funções separadas da casa. Longas linhas de visão que cruzam o pátio externo fornecem a ligação visual. As grandes portas de correr do pátio, abertas, dão acesso aos volumes da cozinha e da sala, e estão fisicamente conectados.

O mobiliário personalizado e os armários integrados acentuam a qualidade gráfica no interior. A equipa de projeto fez uso de materiais simples, como painéis de madeira de carvalho natural – ou manchados de preto para combinar com a fachada de madeira de pinho – e um piso de cimento polido contínuo.
Esforçaram-se para uma estratégia de design em que arquitetura e interior se juntam nma combinação de modelos.
Cada volume tem o seu próprio programa. Ao vincular os componentes internos à arquitetura e vice-versa, o resultado é um projeto de alta qualidade que não depende de materiais caros ou de exposições técnicas. Em todos os detalhes, as equipas visaram a solução eficiente em termos de espaço.
Cada aspeto do design é abordado para produzir uma experiência pura e unificada para deixar uma forte impressão. Fazer projetos de qualidade, na sua opinião, nem sempre reside na máxima “quanto maior, melhor”.
Com intervenções simples, mas inteligentes, este projeto é de elevada qualidade, ao mesmo tempo energeticamente eficiente, ecologicamente correto e construído com uma pegada reduzida. Nesse sentido, é um exemplo modelar de uma pequena casa; inteligente, confortável, mas sem concessões à qualidade, tanto no design interior quanto no arquitetónico. Pequeno é bonito.

Jaspar Jansen (1970) e Jeroen Dellensen (1972) juntos fundaram o i29 architects com sede em Amsterdão, Holanda. Em estreita colaboração, lideram o trabalho do estúdio. Desde a fundação, o estúdio produziu uma grande variedade de projetos premiados – residencial, hotelaria, escritório, retalho e projetos de exposições. O portfólio do estúdio inclui interiores para a booking.com, Bijenkorf Amsterdam (grupo Selfridges), Samsonite Europe, revista FRAME, National Ceramics Museum, Leeuwarden.

Sem mais artigos