De uma casa de um só piso a residência de dois andares. Um projeto de arquitetura e de interiores a pensar na sua relação com a envolvente.

Localização: Montréal, Canadá
Projeto: Thellend Fortin Architectes
Fotografia: Charles Lanteigne

O projeto envolveu a expansão de uma espaçosa casa, designada Outremont, de um só piso, construída na década de 1960. Situada num local com uma inclinação íngreme e vista majestosa, a expansão para os dois andares foi desenhada de modo a oferecer uma janela generosa para o horizonte. O conceito arquitetónico envolveu a adição de espaços vivos na forma de uma longa tira situada lateralmente e alinhada com os contornos da estrutura existente. Esta tira  dobra-se e desdobra-se, oferecendo assim múltiplas visões da paisagem em redor.

O interior compreende espaços abertos adjacentes banhados de luz natural. As texturas e materiais de tons claros realçam o aspecto espaçoso dos quartos.

Revestida de painéis de cimento de cor antracite, a extensão reflete-se na piscina revestida de pedra St. Marc, cercada pelo deque suspenso em cimento pintado de branco. Este cenário mineral combina harmoniosamente com o impressionante dossel de árvores verdes, que oferecem a necessária sombra a este oásis, no coração da cidade.

A extensão aproveita ainda topografia exclusiva do lugar, com vista para a piscina e o terraço paisagístico, como um mirador.

Thellend Fortin Architectes

Louis Thellend e Lisa-Marie Fortin formam uma equipa dinâmica com uma abordagem inovadora da arquitetura, em que a sua relação com o contexto e o impacto no meio ambiente é primordial, e desenvolvem uma visão sensível dos ambientes em que seus os projetos acontecem.
A sua abordagem criativa explora a dinâmica da vida contemporânea e os projetos arquitetónicas demonstram uma visão profunda das questões e práticas atuais.
Com uma experiência arquitetónica diversificada, Thellend Fortin colaborou na concepção e desenvolvimento de projetos locais e internacionais de todas as escalas.

Sem mais artigos