Um novo sistema de alta tecnologia garante conseguir recriar a experiência natural do sol e do céu nos espaços interiores!

No livro Luz e cor ao ar livre, o astrónomo belga Marcel Minnaert descreve todos os fenómenos ópticos que um observador atento pode capturar na natureza. E foi a partir disto que a ideia nasceu e que a equipa da Coelux começou a reproduzir em laboratório todos os fenómenos meteorológicos, sob condições controladas e usando lasers e nanopartículas.

Contudo, foi depois de observar a realidade através do objetivo de uma máquina fotográfica e reproduzir dezenas de fenómenos atmosféricos nos laboratórios da Universidade degli Studi dell’Insubria,que a percepção visual mudou drasticamente.

Recorde-se que nas pinturas da série O Império das Luzes (L’Empire des lumières), René Magritte pintou as casas enquanto olham a noite, mas sob um céu iluminado como se fosse dia.

A enorme novidade tecnológica é que estes novos sistemas recriam a experiência natural do sol, do céu e da profundidade ilimitada nos espaços interiores, evocando a experiência intrínseca em que vivemos com luz natural.

São reproduzidos os fenómenos físicos que ocorrem na atmosfera, as características da radiação solar e as maneiras pelas quais ela se propaga e interage com as moléculas de ar. No fundo, uma reprodução do que acontece na realidade, em escala reduzida.