O projeto consiste na recuperação de um edifício existente e na criação de uma nova construção para completar o programa desta residência particular. A construção existente está ligada a um edifício maior e dele separada por uma grande passagem coberta.

Arquitetos: Zooco Estudio; Ano: 2019; Fotografias:  Imagen Subliminal / segundo a memória descritiva via Archdaily

Embora tenha sido usado como moradia, o seu programa era originalmente o de um estábulo para gado, e tal reflete-se na sua arquitetura simples e despretensiosa e num sistema construtivo muito básico, baseado em paredes auto-portantes e num telhado sustentado por estrutura de vigas de madeira.

A intervenção do projeto baseia-se no respeito pelo edifício existente e pela sua conservação, de modo que a cobertura foi mantida e as fachadas norte e oeste foram reformuladas, embora as aberturas tenham sido modificadas com gestos mais contundentes, procurando-se um diálogo entre a arquitetura rural típica da região e o seu novo uso, mais contemporâneo.

As fachadas leste e sul, dadas as más condições, foram completamente repensadas.

Enquanto a fachada sul se abre completamente para o jardim, procurando uma relação entre o espaço interno e a envolvente natural, a fachada leste apresenta um ritmo marcado de cheios e vazios que estabelece uma ligação visual mais controlada entre o interior e o exterior.

Neste volume, o programa é dividido em 3 zonas bem diferenciadas: um grande espaço aberto contínuo, organizado por meio de peças livres e que recebe a área de estar, jantar e cozinha.

Este é o coração da casa, onde o protagonista absoluto é o grande telhado de madeira, que é totalmente visível. Escondidos atrás de uma estante, encontramos um dormitório com casa-de-banho e closet, e finalmente, no primeiro piso, um segundo quarto totalmente independente com casa-de-banho, cozinha e sala de estar.

O novo pavilhão, com uma arquitetura mais racional, preserva, anda assim, a sua simplicidade e austeridade, e consiste numa grande varanda coberta e numa série de ambientes que completam o programa da casa: txoko, sauna e quarto de hóspedes.

A piscina está localizada no espaço entre os dois edifícios, voltada para o sul e desfruta de vistas maravilhosas das montanhas cantábricas.