O coletivo de arquitetos holandês i29 tira partido de uma garagem com 230m2, no centro de Amesterdão, onde o espaço não abunda. O único senão? A falta de luz. Veja como eles ultrapassarem esse desafio.

Projeto: i29 interiors / Fotografia: Ewout Huibers

Os proprietários chegaram a atelier com uma proposta que, à primeira vista, poderia não parecer fácil de ultrapassar. Haviam adquirido uma garagem com uns generosos 230m2, contornando a falta de casas espaçosas no centro da cidade – e sobretudo no bairro em questão, um dos mais bonitos de Amesterdão. Mas… claro, uma garagem é escura.

A demanda? Levar luz para dentro da garagem. “Além da luz, adicionámos um toque de natureza. A luz natural entra pelas janelas do telhado”.

“Mantivemos as cores e os materiais leves e simples: paredes totalmente brancas contrastam bem com superfícies ásperas de carvalho, superfícies pretas e o piso fundido cinza”.

A cozinha de design personalizado tem uma grande porta de correr de madeira para cobrir o espaço de arrumação integrado. À frente desta foi erguida uma ilha de cozinha preta contrastante.

Os armários embutidos e os substitutos são feitos dos mesmos materiais contrastantes para criar unidade.

Paredes de madeira de cima abaixo com portas embutidas formam a entrada para as áreas mais privadas, como quartos e casas de banho.

“Para obter ainda mais luz natural, criámos um pátio entre a sala e o quarto principal. E para ligar ainda mais o interior ao exterior, desenhámos um tapete feito à mão com um padrão musgo, natural. E sim, aquele sofá verde também aumenta a sensação de interior ao ar livre”.

FICHA TÉCNICA

  • Design: i29 interior architects
  • Cliente: Privado
  • Área habitável: 230 m2
  • Data de construção: Agosto 2015
  • Local: Amesterdão
  • Fotografia: Ewout Huibers
  • Construtor: KJ Aannemers, Kooijmans Interieur