Os nossos favoritos entre a rigorosa lista de 100 publicada pela LuxDeco – plataforma internacional líder em interiores de luxo – que, anualmente, seleciona os designers que mais se destacam internacionalmente, pelo seu contributo para o mundo do design!

Aos poucos vão mudando o mundo e, consequentemente, a forma como nos relacionamos com ele. Geração após geração. A seleção levada a cabo pela LuxDeco destaca estúdios de design sedeados nos quatro continentes e foram eleitos pela sua criatividade, impacto positivo e compromisso com o design de luxo.

Descubra quem está a mudar o setor e alguns projetos com a sua assinatura

ALEXANDER WATERWORTH

Alexander Waterworth já se estabeleceu como uma referência no universo residencial e hoteleiro. O seu estúdio Shoreditch conquistou clientes de elite e chefs com estrelas Michelin. No seu portefólio de projetos de 2020 constam um restaurante em Mayfair, o Theatre Royal Drury Lane, um hotel de luxo em Nova Orleans e outro em Viena.

CRISTINA CELESTINO

A italiana Cristina Celestino é designer, arquiteta e fundadora da Attico. Ela revestiu as paredes de seus projetos de interiores com azulejos Fornace Brioni, usou iluminações Esperia e móveis de sua própria produção. Projetou as fabulosas lojas Fendi e o designer Sergio Rossi coloca-a na lista de personalidades que estão a mudar o mundo.

DAVID HICKS

As obras do designer australiano David Hicks resumem a escola do minimalismo de luxo. Normalmente alojados em alguma villa australiana, fortaleza ao lado da baía ou cobertura muito alta, os espaços do designer são impressionantes e refletem a sua tendência para o design contemporâneo. Este é já (re)conhecido como o chuveiro mais luxuoso do universo e tem a sua assinatura. Este ano, o estúdio comemorou seu 20º aniversário.

FRANÇOIS CHAMPSAUR

Modesto, casual mas simultaneamente chique, o trabalho do designer francês François Champsaur caminha nesta linha ténue, muitas vezes difícil de dominar com equilíbrio. Entre os seus projetos está precisamente a renovação do Hotel Vernet (na imagem). Em 2019, o designer foi presidente do júri do concurso Design Parade Toulon.

STUDIO KO

Assinaram os interiores do aclamado Chiltern Firehouse, o Museu Yves Saint Laurent em Marraquexe e as casas dos membros da família Hermès. O Studio Ko é, sem dúvida, um nome a memorizar. Aos comandos deste estúdio estão os arquitetos Olivier Marty e Karl Fournier – K & O.

VINCENT VAN DUYSEN

Converter um convento num hotel de luxo é um bom exemplo do quão característico é o trabalho do designer belga Vincent Van Duysen. O August Hotel, inaugurado em abril passado, também apresenta espaços característicos de Van Duysen, em cavernas quase sagradas e sem adornos, projetadas para que os hóspedes quase sintam a presença sóbria e discreta das freiras do convento. Conhecido pela sua estética simples, o designer também atua como diretor de criação da marca italiana de móveis Molteni & C e Dada e como diretor de arte na empresa têxtil Kvadrat para a Sahco.