A história de uma casa de meados do século, em Seattle, agora repensada pelo estúdio da designer e arquiteta de interiores Jill Rerucha.

Fotografia: Benjamin Benschneider / Projeto: Rerucha Studio / segundo a memória descritiva

Erguida em meados do século XX, a casa revelava-se promissora, apesar de ter sofrido uma série de adições, algumas delas desajustadas, incluindo a marquise, nos anos 80, e vários anos de negligência. A casa tem o mesmo nome de uma família de estorninhos aninhados nas cavidades da parede da casa, que foram deixadas em aberto por reparos anteriormente feitos.

Originalmente projetada em 1952 pelo notável arquiteto de Seattle Perry Johanson, a construção é sólida e a localização é central, mesmo em Seattle, e com vista para o lago Washington. O principal guia para a remodelação consistiu em abraçar completamente as relações entre interior e exterior.

O primeiro passo desta remodelação consistiu em reduzir o interior e o exterior ao essencial, preservando cuidadosamente os recursos integrais de meados do século. Todos os espaços pequenos e pouco funcionais foram removidos; foram, por seu turno, abertos novos de modo a potenciar um fluxo e um layout mais contemporâneo, em open plan.

Os tetos, as pesadas vigas de madeira e as molduras sem aro foram preservados e melhorados, ao passo que as janelas antigas foram substituídas por outras, novas e autênticas, do mesmo período da data de construção original. A cozinha, localizada no segundo andar, juntamente com o resto dos espaços principais, foi ampliada e redesenhada.

No exterior, os assentos de madeira com canteiros de cimento combinam-se com os elementos de aço para uma aparência mais orgânica do que industrial, mais leve do que pesada. O primeiro andar da casa serve atualmente como espaço secundário, e independente, para as visitas.

A fachada bem proporcionada e voltada para leste foi preservada; foram adicionadas novas portas. Sem expandir a área útil da casa, esta foi transformada de um espaço modesto numa casa com alto impacto visual – aberta, moderna e completa.


FICHA TÉCNICA
Rerucha Studio (arquitetura e design de interiores)
Caspers Built (construção)
Benjamin Benschneider (fotografia)