Studio Ravazi Architects gizam um novo espaço de férias e de trabalho para a família de um fotógrafo, no belíssimo campo da Bretanha, França.

Fotografia: Olivier Martin-Gambier / Archdaily / segundo a memória descritiva


O conceito para esta casa, projetada para um fotógrafo e a sua família como casa de férias e estúdio, foi baseado em estudos de fachada que definem uma pele de construção simples e suave, variada em altura e perfurada por aberturas. O projeto coube ao estúdio Ravazi Architects.

Dois volumes definem os principais espaços de vida e de trabalho, e ambos convergem para o canto Norte, libertando o máximo de espaço possível neste pequeno lote de terreno.

O espaço principal é comprimido na entrada e aberto em direção à paisagem; o plano em forma de leque providencia, gradualmente, mais área, volume e luz.

O segundo volume é dedicado exclusivamente ao estúdio do fotógrafo. Todos os quartos e casas de banho foram reduzidos ao mínimo e proporcionam uma área de superfície máxima para os espaços de estar e de trabalho. Os ângulos variados nas arestas das construções oferecem uma série de experiências volumétricas e de perspectiva em mudança (a fachada sul é vista como um único plano vertical).

FICHA TÉCNICA

Local: Loctudy (França)
Área: 105 m²
Data: 2011-2013
Cliente: Particular
Status: Construído
Fotografia: Olivier Martin-Gambier
PrÉmios: The Plan Awards 2017 (finalista)