Projetado para um jovem que vive na maior parte das vezes sozinho, o apartamento, em edifício do século XVI, alojado num bairro renascentista e preservado de forma única, em Lion, França, foi agora renovado.

Fotografia: Simone Bossi / Segundo a memória descritiva dos arquitetos

A nova atmosfera deste apartamento de apenas 80 m² deve-se à visão e criatividade do coletivo Studio Ravazi Architecture, que tentou preservar, ao máximo, alguns dos elementos da data de construção do edifício. Nomeadamente, duas lareiras de pedra maciça, vigas de carvalho de grandes dimensões, tetos altos… .

Estas foram algumas das características originais que quiseram renovar e celebrar no novo espaço. Um quarto de solteiro e casa de banho, além de sala de estar, sala de jantar e cozinha, compõem o programa.

Baseando-se, principalmente, no uso de um único material com uma paleta de cores limitada, foram projetados uma série de eventos para criar o que designam de “espaço introspetivo”, um lugar para permitir a reflexão, a reclusão criativa.

Os pisos de madeira e o trabalho de gesso bruto nas paredes foram os únicos outros materiais utilizados, permitindo a clebração do potencial do espaço.

Local: Lion (França)
Área: 80 m²
Status: Construído
Data: 2019
Cliente: Particular
Fotografia: Simone Bossi