A cor da terra, do chocolate, do couro e da madeira regressa em força às nossas casas e, afinal, combinar os tons de castanho, em todas as suas nuances, é tão fácil e divertido!

Redação Urbana/ DR

Depois da onda das fachadas exteriores em cinza, do mais claro, a imitar cimento, ao mais escuro; do cinza nos sofás, do aço inox e do espelho, os castanhos regressam aos interiores em tom de chamada de atenção. Estaremos cansados da frieza? Dizemos que sim! Queremos o regresso ao essencial, retomar o contacto com a terra. Café, chocolate, madeira, couro… Há muito por onde escolher e o melhor de tudo? O castanho harmoniza com muitas outras cores. Aqui, a prova de que o ‘tom sobre tom’ tem concorrência!

Villa Molli por Lorenzo Guzzini; fotografia de Giorgio Marafioti

A casa de férias, construída em frente ao lago Como, Itália, foi projetada em 2019 pelo arquiteto Lorenzo Guzzini e exibe vistas ininterruptas, duas estruturas em forma de torre em torno de uma piscina infinita e uma série de espaços com desníveis. Nos interiores, a paleta de materiais privilegia os tons neutros e castanhos. A casa acomoda 12 pessoas, tem área de refeições e de estar, cozinha, solário, quatro master suítes e casas de banho.

Da Normann Copenhagen, cadeira Ace, sofá modular Rope e pufe Silo

Base castanha nas madeiras do piso, nas portas e molduras das janelas, neste ambiente com peças de uma das nossas preferidas, a sempre elegante Normann Copenhagen.

Atlanta Homes & Lifestyles – Southeastern Show House 2016 – Robert Brown

Um dos vários projetos de Robert Brown, conhecido pelos seus interiores limpos e clássicos, que combinam acabamentos e móveis de luxo com uma mistura de arte contemporânea e antiguidades. Depois de uma carreira de sucesso na indústria da moda masculina, Brown dedica-se à criação de interiores, além da curadoria da sua loja, Townhouse.

Cobertor / Tapeçaria artesanal de algodão e lã, por Lilian Martinez, €455

Mantas, toalhas, lenços de perder a cabeça! A BFGF, marca de Lilian Martinez, sugere objetos artísticos acessíveis e funcionas para a casa e para si, inspirados no conforto, beleza e bom humor -:) Compre aqui.

Welcome (s/ dedicatória), pintura de Ronny Wood, Rolling Stones, €2000

A nova edição limitada representa os Rolling Stones numa colectânea de colagens em tons suaves e baseia-se numa fotografia da banda de 2004, intitulada ‘Welcome‘. A imagem fornece “uma visão real de um lado diferente dos Rolling Stones”, diz Wood, que dedica e assina as primeiras 75 gravuras vendidas, a partir de uma edição de 150. Ronnie Wood foi anunciado, em Abril, o artista convidado para o The Other Art Fair Online Studios, a plataforma online lançada em parceria com a Saatchi Art. Impressões de edição limitada, assinadas por Wood, além de duas litografias exclusivas. Numerados individualmente e assinados por Ronnie Wood – impressão digital, em Somerset Enhanced Velvet, 330g, edição limitada a 75 (de uma edição de 150), 59,3×75 cm (sem moldura). Para comprar na página do músico.

Casa Cook, arquitetura de Ilias Mastrominas, projeto de interiores de Annabell Kutucu e fotografia de Georg Roske

Com design de interiores e styling de Annabell Kutucu e Michael Schickinger, o famoso hotel Casa Cook (Kos, Grécia) colhe inspiração na arquitetura tradicional das ilhas gregas, com uma atmosfera de villa, casas cubistas de um e dois andares, agrupadas em torno de jardins e pátios.

Profundamente inspirada nos encontros de amigos, a Casa Cook Kos é um refúgio de praia para pessoas que estão no mesmo comprimento de onda. Os grandes terraços que se estendem para o espaço exterior, o restaurante interno e externo, a cozinha aberta, o bar, os terraços que ladeiam a piscina e/ou vistas para a praia e o pôr do sol, o mobiliário com linhas limpas combinados com texturas naturais rough e acessórios exóticos, fazem deste o santuário perfeito para dias de lazer.

Cozinha da Boffi

Márcio Kogan, Diana Radomysler e Luciana Antunes assinam os interiores desta penthouse em São Paulo (Brasil), cujo programa tem a mínima divisão possível de espaço, moldando a continuidade espacial e a amplitude do apartamento. Circulações infinitas acentuam a fluidez entre os espaços e configuram vias funcionais e os grandes corredores também são usados como galerias para a coleção de arte e objetos dos clientes.
Todos os móveis foram projetados especialmente para a casa e estão em harmonia com as peças de design clássicos, entre elas originais brasileiros, escandinavos e italianos assinados por Hugo França, Hans Wegner, Franco Albini, Gio Ponti, entre outros. A fotografia é de Jonas Bjerre-Poulsen.

Da Farrow&Ball: Skimming Stone No.241, Jitney No.293, Estate Emulsion & Tanner’s Brown No.255, Estate Eggshell

Da Farrow & Ball podemos esperar sempre um leque de cores sem fim, tonalidades lindas e alta qualidade – o mesmo é dizer, resistência e durabilidade. As várias nuances de castanhos e tons powdery casam bem com azuis e rosas suaves.

Fotografia de Geert Van Hassel, na SAL

Tapetes desenhados pelo Studio Salaris, estúdio que já colaborou, e colabora, com marcas como Zanotta, B&B Italia, Frette, Rubelli ou Desalto, entre tantas outras – “o nosso desejo de projetar nasce da proximidade diária com muitos artesãos talentosos e as melhores marcas italianas”.

Se os estados de humor oscilam com a cor – e como esta às vezes interfere com o nosso mood! -, apostamos em como o castanho, aqui e ali, passa uma boa sensação, de abraço aconchegante. Veludos, madeiras, alguma arte, aquecem os ambientes e, mesmo ao lado de tons frios, conseguem equilibrar a tal sensação, que deveria ser “está-se bem aqui”.

Apartamento em Berlim, styling de Annabell Kutucu, design de interiores,
da NOVONO – Nora von Nordenskjöld, fotografia DONE STUDIO – Ulf Saupe

Talvez estejamos a reviver o passado, a aproximar-nos dos anos setenta, já sem medo de exagerar o tom! Ouro conhaque, rosas pó e pêssego, castanho chocolate, açafrão, azul cinza, por um lado, são sempre boas combinações; madeiras claras, mobiliário de inspiração escandinava, por outro, apontam na direção do castanho, sem riscos. De um modo geral, queremos mais calor nas nossas casas.