Apartamento localizado em edifício dos anos 50, em Ipanema, assinado pelo arquiteto modernista Álvaro Vital Brazil, foi agora decorado pela dupla Ricardo Melo e Rodrigo Passos.

Fotografia: Denilson Machado, do MCA Estúdio Produção: Andréa Falchi

Os arquitetos responsáveis pelo projeto de decoração deste apartamento levaram a cabo determinadas modificações de modernização da planta. Todo o processo foi levado com muito cuidado de forma a que a habitação não perdesse as suas características originais dos anos 50 do século de XX.

Uma das solicitações da proprietária foi a criação de uma sala de estar confortável, que tirasse partido da vista maravilhosa para o exterior. Uma suite ampla e integrada foi outra das demandas. E, claro… espaço para acomodar diversas obras de arte.

Este é, de facto, o que torna este projeto tão singular. A enorme sensibilidade com que várias expressões de arte, assinadas por artistas distintos, foram reunidas sem se anularem umas às outras.

Ao longo dos 180m2 vemos a integração de peças diferentes refletindo-se num espaço sofisticado, sem ser pretensioso.

Na paleta de cores predominam tons neutros, entre preto e branco, precisamente para que as obras de arte e alguns móveis que os clientes já tinham se destacassem. Muitas peças do acervo dos clientes foram mantidas na decoração.

Segundo a dupla de arquitetos, “Os clientes são pessoas cultas, de extremo bom gosto, apreciadores de arte e coisas de qualidade. Eles reconheceram e compraram esse imóvel pelas características originais modernistas dele e pediram que esses elementos fossem mantidos.Se não houvesse esse pedido especial, nós mesmos teríamos sugerido isso”, afirma Ricardo Melo.

Entre as diversas obras de arte destacamos os trabalhos de Carlos Dangeli e de Bernardo Krasniansky Design, para citar apenas alguns exemplos.