O mais recente projeto hoteleiro lisboeta, assinado pelo Atelier Nini Andrade Silva está nomeado na categoria de Melhores Hotéis até 50 quartos. A nova experiência de hotelaria que através de uma explosão temática que nos leva numa viagem pelo auge do universo feminino e do período romântico chamou a atenção da revista de design de interiores líder no UK, Design et Al, organizadora dos International Hotel & Property Awards 2020.

Chama-se Madalena Beautique Hotel e é o terceiro hotel do grupo The Beautique Hotels. Uma ode à figura feminina que surge com o objetivo de projetar o ideal platónico na beleza e no equilíbrio das formas femininas.

fachada do edifício, situado na Rua da Madalena, é coberta por azulejos oyster pink são um revivalismo propositado dos anos 70, um aceno à herança de azulejos tão característica da cidade de Lisboa. Já no seu interior, mantendo o foco no conceito forte e vibrante, todos os espaços do hotel são deliciosamente divertidos e algo extravagantes, com a presença do feminino em cada detalhe.

Os 38 quartos são invadidos por flores em tons de laranja, beije, rosa, bordeauxe verde, cujos acabamentos em dourado conferem o requinte e o conforto delicado.

O seu design clássico é povoado por cores, texturas e com um refinamento do belo e sedutor.

restaurante “Madame” e a sua grande clarabóia é um dos elementos principais do design deste hotel, fazendo uma alusão direta e provocadora ao universo da Mulher já que a sua forma se assemelha a uma saia – a saia da Madalena.


Aos interessados, a votações para os The International Hotel & Property Awards  começam em maio e os vencedores serão anunciados a 26 de junho, numa cerimónia que irá decorrer no Grand Hotel Quisisana, em Capri, Itália. Irá premiar em diversas categorias o que de melhor se faz em todo o mundo, na área do design.