As potencialidades de um pé direito duplo numa habitação com direito a mezanino!

O termo pé direito diz respeito à altura que vai do pavimento ao teto de uma casa. Por sua vez, pé direito duplo refere-se a casas cuja altura tem o dobro do habitual. Uma característica particularmente interessante para todos aqueles que adoram amplitude e luminosidade.

Muitas vezes acontece estes espaços terem escadas associadas permitindo aceder à zona mais alta. Por sua vez, estas tornam-se frequentemente elementos de destaque no próprio ambiente.

Para melhor ilustrarmos a ideia, partilhamos o apartamento de 160m2 de um jovem casal que solicitou ajuda à arquiteta Bábara Kahhale para que, mesmo em open space, tudo ficasse harmonioso e acolhedor.

A ala social do apartamento está integrada com a cozinha, sala de jantar e home theater. Sobre a cozinha existe um mezanino que o casal reservou para zona de escritório.

Aqui, foi executada meia parede em marcenaria com iluminação embutida, e aplicado papel de parede com efeito croco marinho. O pano de fundo perfeito para diversos quadros. 

Pretendia-se que a integração entre a sala de jantar e cozinha fosse contínua e sem barreiras ou elementos que delimitassem o início e fim de cada ambiente, pois tudo faz parte de um único contexto. Para isso, a arquiteta utilizou cores neutras proporcionando amplitude e continuidade às “divisões”, assim como o mesmo revestimento de piso.

Toda esta zona em open space desenvolve-se em tons de cinzento. Da parede ao revestimento na cozinha, à própria decoração. O lustre de cristal na sala de jantar foi adquirido num antiquário de Nova Iorque, numa das viagens do casal, tal como o espelho veneziano no hall de entrada utilizado com a intenção de refletir a iluminação natural vinda da varanda. As poltronas da mesa de jantar,  estilo Louis XV são da Claridge House.

A sala tem continuidade para a varanda, permitindo um boost de luz natural pela casa inteira.

No lavabo foi aplicado papel de parede de zebra conjugado com uma parede espelhada para maior amplitude.

A zona da suíe, mais recatada, conta com uma casa de banho integralmente branca com armários executados em marcenaria. Tudo foi pensado ao detalhe como, por exemplo, a banqueta usada pela proprietária se maquilhar.

Créditos das imagens: Raul Fonseca