A empresa de design britânica com uma abordagem, por excelência, artesanal, foi fundada em 2009 por Sean Dare. O trabalho do estúdio é classicamente intemporal, com uma estética limpa e definida. Cada peça de mobiliário é trabalhada segundo os mais elevados padrões, com materiais cuidadosamente selecionados.

Cadeiras de jantar Katakana e mesa Norton

Dare Studio, cadeiras Tor

Desenvolvem colaborações regulares com vários designers respeitados globalmente e projetam e produzem móveis elegantes, feitos para durar. Usando técnicas inovadoras e trabalhando com artesãos experientes, o corpo de trabalho do Dare Studio é realmente excepcional. O compromisso com os mais elevados padrões rendeu ao estúdio quatro prestigiadas Design Guild Marks, premiados pela excelência em design britânico.

Sofá Ernest, 3 lugares

Mesa Waldron e cadeiras Tor

A história de Dare Studio


Decorridos quinze anos de projeto de vários produtos para vários retalhistas e fabricantes líderes, Sean Dare criou o Dare Studio para desfrutar de uma sensação de autonomia no processo de design. Ao buscar a liberdade de projetar produtos pelos quais ele tinha uma afinidade pessoal, Dare utilizou uma variedade de materiais e técnicas de fabrico menos convencionais.

Secretária de trabalho Katakana

A primeira coleção de Dare foi nomeada Katakana e compreendia uma cadeira de jantar, poltrona, banqueta, sofá e mesa. Cada design da coleção tinha um perfil angular distinto, um estilo que não estava em conformidade com os ideais comuns. Os materiais utilizados, como nogueira preta americana sólida, eram considerados demasiado caros para as oficinas mais convencionais, mas a coleção despertou o interesse internacional de arquitetos e designers de interiores. A coleção Katakana seria a pedra angular do Dare Studio e permanece disponível até hoje.

Secretária Maya e cadeira de braços Tor

O trabalho do Dare Studio é influenciado por uma combinação de estilos japonês, dinamarquês e arquitetónico. O estúdio não é movido por tendências, e acredita no design duradouro,  esteticamente e em termos de construção: as peças e móveis do Dare são construídas para durar, passando como herança de geração em geração. Aliado a isso, o estúdio apoia e subscreve a conservação de recursos e a minimização do seu impacto no meio ambiente, reduzindo o desperdício e as emissões nocivas.

Riley Coffee Table e mesa-tabuleiro

Em 2012, o Dare Studio começou a trabalhar com outros designers que partilhavam uma visão semelhante. Caso dos britânicos David Irwin, James Melia e, mais recentemente, Namon Gaston.  Dare lançou dois novos designs de Gaston no London Design Festival: a poltrona Oxbow e a poltrona Alma. Além disso, o estúdio lançará um novo sistema de bancada de trabalho projetado por Sean Dare.