Uma exposição sobre Modernismo ambiental para ver no Center for Architecture de Sarasota até 23 de janeiro.

Trata-se de uma retrospetiva do legado arquitetónico da STRANG, especialistas em design multidisciplinar com escritórios em Miami, Fort Lauderdale, Sarasota, e Flórida, nos últimos 20 anos.

Fundado em Miami em 1998 por Max Strang que promoveu os princípios do modernismo ambiental, defendendo um mundo e um design melhor.

Teve, de facto, a capacidade de criar projetos arquitetónicos impressionantes, mantendo uma consciência apurada do ambiente circundante, definindo firmemente o trabalho da empresa.

Sob a direção criativa de Max Strang, o coletivo é um dos principais defensores do avanço dos conceitos intemporais estabelecidos pela famosa Escola de Arquitetura de Sarasota.

A exposição inicial de Strang aborda o movimento modernista de meados do século – cresceu numa casa projetada pelo lendário arquiteto e fundador do movimento, Gene Leedy – e resulta no profundo respeito por estruturas que estão intimamente ligadas ao ambiente ao mesmo tempo que celebra uma versão exclusivamente ‘floridiana’ do modernismo.

A interpretação distintiva de STRANG será evidente ao longo da exposição, caso da monografia publicada recentemente, ‘Modernismo Ambiental: A Arquitetura de STRANG.

“O nosso objetivo sempre foi criar espaços contemporâneos intimamente ligados ao ambiente”, diz Max Strang. “Esta exposição é uma oportunidade para a nossa empresa refletir sobre os princípios definidores do ‘modernismo ambiental’ e como isso afetou a nossa prática nos últimos vinte anos “.

Fotos: Max Strang Architecture