Os tetos e as paredes de vidro são hoje uma referência no design de interiores. As molduras pretas envidraçadas vieram apenas reforçar os benefícios desta tendência que veio para ficar.

Todos fomos sendo seduzidos pelo charme desta espécie de “janela de oficina” quase com apenas um piscar de olhos. As divisórias de vidro cumprem a sua função não apenas pela sua componente estética mas, também, pela existência de outras tantas qualidades.

As divisórias de vidro permitem uma separação real de ambientes, sem a o peso das soluções tradicionais, excessivamente físicas, ou seja, sem os isolar verdadeiramente. O facto de se conseguir garantir alguma privacidade sem aniquilar a passagem da luz não deve ser um factor a negligenciar.

Tratem-se de portas, fachadas ou janelas, as quadrículas de alumínio tão características do estilo industrial, conferem um toque especial à decoração. A provar isso mesmo reunimos alguns ambientes para que se inspire!

Créditos das imagens: Stefania Giorgi; Gui Morelli, Mickaël Martins Afonso, Studio AG