As recomendações são da La Redoute e surgem numa altura em que marca acaba de apresentar uma gama diversificadas deste elemento determinante em qualquer decoração.

São sempre uma mais valia em qualquer divisão não apenas pela sua beleza e sofisticação, mas sobretudo pela utilidade que têm ao permitir a ampliação dos espaços e valorização dos pontos de iluminação.

COMECE PELO FORMATO

Existe uma mão cheia de possibilidades no que diz respeito ao formato: Redondo, quadrado, retangular, oval ou octogonal. Deve escolhe-lo com base no seu gosto e, de acordo com o espaço disponível na parede onde o deseja pendurar.

DE ACORDO COM O ESTILO

O estilo do restante ambiente da divisão é determinante para perceber qual o caminho a seguir. Deixamos alguns exemplos; Se o ambiente for minimalista a La Redoute sugere um espelho com uma linha industrial, ou seja, com moldura a preto ou cinzento. Por sua vez, se se tratar de um ambiente romântico são indicados os espelhos de madeira ou com motivos arabescos e em forma de flor.

QUANDO O OBJETIVO É AMPLIAR

Se a sua intenção ao adquirir um espalho é ampliar um determinado espaço, deve colocá-lo levemente inclinado no alto da parede ou então em toda a extensão desta. O seu espaço vai parecer o dobro. Caso tenha um pé-direito alto em sua casa, prefira os modelos verticais.

DIVERSIFICAR

Porquê cingir-se a uma única peça? Siga a super-tendência e crie mosaicos numa só parede, conjugando molduras grandes e pequenas, de diferentes formatos, cores e texturas.

POR FIM, NÃO SE ESQUEÇA… VALORIZAR A ILUMINAÇÃO

Se a sua casa tiver uma boa incidência de luz natural, coloque o espelho na direção dos raios solares e valorize essa iluminação que será distribuída por todo o espaço.