Mais do que um estilo, o minimalismo é uma filosofia de vida. Cada vez mais aplicada e reflectida dentro de casa. Descubra 4 formas de conseguir uma decoração mais minimalista.

O minimalismo é o fenómeno japonês que acredita que uma vida despojada de bens materiais e supérfluos é o caminho para a felicidade. Nos dias que correm, onde tudo é medido pelo que temos e pela quantidade que temos esta filosofia de vida não pára de ganhar adeptos. Proliferam, aliás, os livros com testemunhos de vida inspiradores de ‘bem-sucedidos’ que largaram tudo para começar um estilo de ida desapegado, deixando espaço apenas para o que é essencial. Como o do conhecido autor Fumio Sasaki em ‘Adeus Coisas.

PRIVILEGIAR A LUZ NATURAL

Além das cores claras, os espaços são o mais abertos possível. A luminosidade dentro de casa é uma prioridade, preferencialmente se for natural. Muitas vezes, há a ausência de telas ou cortinados, e quando existem são com tecidos leves e fluídos.

OBJETOS REDUZIDOS AO ESSENCIAL

Iuri Niccolai

A velha máxima ‘less is more’ é, obviamente aplicada neste estilo de decoração. Não existe a presença de peças supérfluas, todas têm de ter uma funcionalidade para justificar a sua presença. Uma cadeira para sentar, uma caneta para escrever, um candeeiro para iluminar. Repetição de peças ou elementos pura e simplesmente decorativos dificilmente estarão presentes em ambientes puramente minimalistas. Porém, já Fumio Sasaki  dizia”Eu acho que deitar fora os seus bens materiais e as suas memórias são duas ações completamente diferentes”, diz Sasaki. Não confundir o desapego dos objetos com a não permanência nas nossas memórias.

TIRAR PARTIDO DA ARTE

PietriArchitectes

É comum vermos em ambientes minimalistas um grande destaque dado a peças de arte, nomeadamente em forma de esculturas ou quadros na parede. Surgem, habitualmente, em pouca quantidade mas numa grande escala. Reforçando uma vez mais, a lógica de ‘menos é mais’ valorizando a qualidade de cada elemento.

ORGANIZAÇÃO

Artelabo

Como já referido apenas os elementos com funcionalidade permanecem neste tipo de decoração, aliada à beleza e qualidade das peças. Nada está disposto aleatoriamente e comummente as peças têm grande design.