A piscar o olho ao Douro, o Torel Avantgarde presta homenagem aos artesãos e artistas plásticos, designers e arquitetos portugueses, exibindo algumas peças notáveis. Tudo isto, numa atmosfera de luxo citadino, com assinatura do coletivo Nano Design e de Isabel Sá Nogueira.

FOTOGRAFIA: LUIS FERRAZ

A cidade Invicta tem um novo boutique hotel cinco estrelas desde setembro de 2017. Um projeto inovador, que traz a arte para o plano principal. Inspirado no melhor de Portugal, o Torel Avantgarde tem 47 quartos muito especiais (Coco Chanel, Frank Lloyd Wright…) e sugere uma experiência ampla, que abraça as vistas sobre o rio Douro, as propostas culinárias do restaurante e aquelas que o Spa oferece, inspirado no melhor da natureza.

 Neste novo hotel tudo se harmoniza para um acolhimento perfeito, para promover uma atmosfera de luxo muito especial, onde o Design e a Arte são preponderantes – caso, por exemplo, da porta esculpida em madeira, da entrada, metamorfose artística assinada pelo escultor Paulo Neves, e que serve como celebração do nascimento do Torel Avantgarde.

 O hotel assume-se, assim, como uma experiência artística e museológica – o edifício em que está alojado remonta ao período do Estado Novo -, em harmonia com o conforto e detalhe próprios dos Torel Boutiques.Aqui, o hóspede é convidado a viver e sentir a Arte, através de um trabalho conjunto desenvolvido pelo coletivo Nano Design e pela designer de interiores Isabel Sá Nogueira, juntamente com as obras e intervenção de quatro artistas portugueses: Jorge Curval, Frederico Draw, Daniel Eime e Paulo Neves. Os seus trabalhos são parte integrante do Torel Avantgarde, dos exteriores ao lobby, do restaurante aos quartos.

PROJETO DE DECORAÇÃO, MATERIAIS, ARTESÃOS E O MELHOR DE PORTUGAL

O projeto de interiores do hotel foi partilhado por duas equipas: Isabel Sá Nogueira foi a designer responsável pelas áreas comuns; Paula Navio e Francisca Vasconcellos, do atelier Nano Design, tiveram a seu cargo todos os quartos do hotel. Para as áreas comuns, Isabel Sá Nogueira combina a arte e o design moderno com alguns apontamentos provocativos, tendo para isso colaborado com artesãos, designers e empresas exclusivamente portuguesas – são 13, no total, as marcas e os nomes envolvidos.

Paulo Neves, escultor, foi o responsável pelas portas da entrada, receção e restaurante. Frederico Draw, arquiteto e artista plástico, é o autor da pintura da entrada do restaurante, Jorge Curval, artista plástico, é o autor dos quadros para os quartos e escadaria principal, assim como das peças em ferro na fachada e zona exterior do hotel, a marca Branca Lisboa, do designer Marco Sousa Santos foi a responsável pelo mobiliário da sala altamente fotogénica, pela dose elevada de cor, assim como pelas cadeiras pretas da receção. À Mood, do designer Raul Santos, um dos seus sócios fundadores, coube toda a parte da iluminação – candeeiros de pé pretos na receção, por exemplo, entre outros.TOREL AVANTGARDEDa marca Around The Tree, pela mão do designer Alexandre Caldas, exibem-se as cadeiras e mesas do restaurante e terraços, bem como a cadeira de secretária na receção. Somam-se ainda os tapetes (fantásticos!) da Ferreira da Sá, ou da Munna Design (sofás e cadeirões da receção e cadeira do spa), para referir alguns.

Na zona dos quartos, e optando subir pelas escadas, cruzamo-nos com algumas obras do artista Jorge Curval, ao longo dos 4 pisos do hotel. Os tons escuros da madeira do piso casam com as paredes, também estas revestidas a madeira, e com a iluminação que nos guia o passo ao longo dos corredores. Ao entrar nos quartos, mergulhamos no projeto de interiores da Nano Design. Cada quarto é único e pretende homenagear vários artistas da época Avantgarde dentro de várias disciplinas, como as artes plásticas, a literatura, a música, a ciência.

TOREL AVANTGARDEO trio Nano Design assina este trabalho, em conjunto com o artista Jorge Curval, e desenvolveu uma aturada pesquisa até chegar ao resultado: quartos ricos em pormenores e detalhes, de cada um dos artistas.Foram privilegiadas as cores escuras, texturas, madeiras, funcionando como a base de apoio dos quadros.TOREL AVANTGARDEA maioria das peças de mobiliário foi desenhada pelo atelier e produzida artesanalmente em Portugal.

TOREL AVANTGARDEAqui encontramos alguns exemplos vintage, provenientes de antiquários e casas de velharias, arcas antigas, molduras em talha dourada, senhorinhas, cadeiras, cadeirões, mas ainda e tecidos e tapetes escolhidos com a curadoria dos responsáveis pelos espaços privados.

TOREL AVANTGARDEA variedade de quadros escolhidos para os quartos, todos distintos, utilizam diferentes técnicas e materiais, retratando 47 artistas / quartos dentro das tipologias propostas: Clássico, Clássico com vista, Executivo, Executivo com vista, Premier com vista, Suite Master, Suite Master com vista, Suite Premier com vista e Suite Royal com vista.

OS EXTERIORES, O RESTAURANTE E O SPA

 O lago que decora parte dos jardins do hotel é um dos locais escolhidos para relaxar e apreciar a vista majestosa sobre o Rio Douro. Como valências, somam-se a piscina e os terraços, revestidos a verde. Tudo isto com uma vista de cortar a respiração.

Por seu turno, o Spa Balsamea propõe uma lista de tratamentos, massagens e outros cuidados estéticos, bem como um ginásio e banho turco.

O restaurante Digby oferece uma cozinha contemporânea onde dominam os sabores da gastronomia nacional, com ingredientes na sua maioria de origem nacional, sempre que possível orgânicos e da estação.

SOBRE A TOREL BOUTIQUES

Esta pequena, mas exclusiva, coleção, composta por 4 hotéis (Lisboa, Porto e Óbidos) assenta na qualidade, no serviço de excelência e em proporcionar momentos inesquecíveis a todos os visitantes. João, Bárbara e Ingrid, um português e duas austríacas casaram os seus skills e vontades, e deste enlace nasceu o projeto hoteleiro de sucesso.

Onde fica: Rua da Restauração, 336 Porto / Portugal / Tel. +351 220 110 082  / web

Sem mais artigos