O estúdio de arquitetura yh2 apresenta a nova Maison Atelier, construída nas traseiras da Maison Tour, projeto datado do ano 2000.

Fotografia: Maxime Brouillet 

Nos últimos 20 anos, a empresa de arquitetura transformou um lote de terreno em Montreal duas vezes:

Primeiro, com a criação da Maison Tour, uma combinação de casa / estúdio organizada em torno de um pátio interno cercado por uma casa vertical de três andares e uma oficina numa antiga garagem nas traseiras do pátio. Em segundo lugar, com a criação, com base no edifício existente no fundo do pátio, de uma segunda casa de três andares, a Maison Atelier yh2, independente da Maison Tour original.

A novo Maison Atelier, concluída em 2018, inclui os escritórios do atelier yh2 no piso térreo e uma nova residência nos andares superiores.

A estrutura leve no segundo piso liga os dois edifícios, para cumprir os estatutos municipais que proíbem dois edifícios destacados num único lote. Este volume aéreo, feito de aço e vidro patinado, forneceu a cada apartamento um espaço extra, sem reduzir o tamanho do pátio.

Os espaços vivos correspondentes em cada casa estão localizados em níveis diferentes, dando a máxima privacidade às duas residências. Os espaços do andar térreo da Maison Tour abrem-se para o pátio, à sombra de uma grande pála.

Os espaços diurnos da Maison Atelier estão localizados no último andar, proporcionando vistas únicas dos telhados urbanos e muita luz em todas as estações do ano.

Alcançado diretamente pela rua, o estúdio de arquitetura yh2 está localizado no piso térreo da nova estrutura, em dois espaços minimalistas, com piso de cimento branco, painéis de mogno e móveis em aço patinado e cru.

Acima do estúdio, mas com a sua própria entrada privada, a habitação na nova Maison do Atelier yh2 ocupa os dois últimos andares do edifício.

O segundo andar, completamente separado do escritório, inclui os quartos e a sala de estar. A composição deste retiro acolhedor é centrada em torno do uso generoso de materiais naturais: pisos de madeira castanha, paredes de madeira clara e aço.

No terceiro andar, os espaços oferecem vistas amplas da paisagem urbana graças a grandes janelas dos três lados.

Para compensar a orientação para o norte da fachada principal, há uma grande cobertura envidraçada voltada para o sudoeste no telhado, proporcionando excepcional iluminação superior em todo o andar superior. Dentro deste espaço iluminado, a sala de estar / jantar de um lado e a cozinha do outro estão abertas uma para a outra, mas visualmente separadas por uma grande parede de cimento bruto. Esta parede / escada atravessa a casa em todos os níveis, do piso térreo ao pátio na cobertura. Funciona como uma espinha dorsal do edifício, bem como uma passagem vertical que traz luz da cobertura ao longo de um percurso tortuoso para todos os três andares.

No telhado, dois pátios são alcançados a partir da cobertura, complementando os espaços interiores e proporcionando um espaço exterior muito agradável, ao mesmo tempo privado e aberto para a cidade.

Todos os móveis embutidos foram projetados especialmente para o projeto: mesas, estantes de livros, arrumação de escritório e móveis para a casa de banho, cozinha, sala de jantar e pátio na cobertura. Coletivamente, estes móveis são parte integrante do todo arquitetónico e usam os mesmos materiais que o restante do projeto: aço – patinado, cru, branco, perfurado e inoxidável – mogno e mármore branco.

As estruturas emparelhadas apresentam um novo modelo residencial urbano – uma alternativa ao plexo tradicional de Montreal, no qual as habitações estão empilhadas umas sobre as outras, levando a problemas crónicos de ruído.

As duas casas verticais organizadas em torno do entorno centenário são um oásis verde no coração do bairro, apesar do seu caráter de alta densidade.

São ambas espaçosas residências unifamiliares ajustadas às necessidades das famílias –  nomeadamente de privacidade – e fornecem todo o que é fundamental para atender às necessidades urbanas do século XXI.

7
C3 House by Barclay and Crousse. Para começar a semana só com boas ideias (sonhar comanda a vida e no que nos diz respeito é uma boa ideia sonhar com momentos assim...) Via @meetmyproject | fotografia @estudiopalma

#barclayandcrousse #outdoordesign #outsoorfurniture #mobiliarioexterior #bythepool #landscape_hunter #architectures #archilovers #architektur #architecture #architect #dreamhouse #archproject
2
Linda, a cozinha que serviu de teaser à nossa mais recente edição da #revista_urbana, nas bancas, e que não conseguimos deixar de admirar... e sonhar com uma assim, com vista de mar - living by the sea é a sua assinatura. A N_Elle da Cesar Cucine só podia ser designed in #Italy

@cesarkitchens

#cesarcucine #kitchenswelove #kitchendesign #livingbythesea #kitchenwithaview #monolithic #freedom #espacocozinha #cozinhadesign #design #designlife #interiordesign #draw
Sem mais artigos