A residência que inicialmente possuía 220m2 , tem agora 660 m2. A reforma e ampliação desta moradia foi inteiramente pensada para que todos os elementos da família usufruam de cada (re)canto e teve como prioridade o convívio entre todos.

A arquiteta Paula Carvalho que assinou o projeto, identifica como maior desafio neste trabalho a execução da ampliação da residência de uma forma que não parecesse uma espécie de anexo. Assim como, a zona de lazer com piscina, sauna e o furô (banheira tradicional do Japão). 

Ao desenhar cada ambiente, os espaços integrados foram pensados e transformados de forma a que o casal, filhas e amigos, pudessem conviver e bem receber os amigos. Exemplo disso, são a sala da lareira, a sala de TV e jantar, foram integradas com a abertura das paredes, ampliando assim o espaço, e a cozinha totalmente modernizada, tornando-se o coração da mesma. Agora, o casal, as filhas, os amigos, amigos das filhos, todos ficam à volta da bancada em ameno convívio.

Os revestimentos foram escolhidos a dedo pelos proprietários de forma que não se tornassem obsoletos ou cansativos.

Para completar esta atmosfera zen, mesmo no meio da cidade de São Paulo, os moradores solicitaram que a área de lazer ficasse sempre à vista, como se fizesse parte dos ambientes. Para isso, foram planeadas portas grandes de correr em vidro, que quando abertas, integram totalmente o ambiente externo e interno.

O estilo da residência é contemporâneo, com a predominância dos tons de preto, cinza, branco e bege, e a madeira para aquecer o ambiente. Em alguns espaços, o contraste entre branco, preto e madeira enriquece a estética.

Paula Carvalho frisa ainda a importância de todo o ambiente ter uma iluminação personalizada. “Todas as lâmpadas são em led, na temperatura de cor neutra, tanto para não comprometer a cor dos materiais e pecas quanto para deixar o ambiente aconchegante e agradável aos olhos.”

Outro dos grandes desafios da arquiteta foi a ampliação de duas suites para as filhas (antes dormiam no mesmo quarto), um office.

Por fim, há a destacar a necessidade de substituir as janelas em madeira existentes adaptando-as ao novo projeto. O facto de a residência estar numa localidade húmida fazia com que toda a madeira acabasse por ser prejudicada. A solução encontrada para este problema foi a inserção de esquadrias em alumínio e guarda corpos em inox.

Imagens: Divulgação

7
C3 House by Barclay and Crousse. Para começar a semana só com boas ideias (sonhar comanda a vida e no que nos diz respeito é uma boa ideia sonhar com momentos assim...) Via @meetmyproject | fotografia @estudiopalma

#barclayandcrousse #outdoordesign #outsoorfurniture #mobiliarioexterior #bythepool #landscape_hunter #architectures #archilovers #architektur #architecture #architect #dreamhouse #archproject
2
Linda, a cozinha que serviu de teaser à nossa mais recente edição da #revista_urbana, nas bancas, e que não conseguimos deixar de admirar... e sonhar com uma assim, com vista de mar - living by the sea é a sua assinatura. A N_Elle da Cesar Cucine só podia ser designed in #Italy

@cesarkitchens

#cesarcucine #kitchenswelove #kitchendesign #livingbythesea #kitchenwithaview #monolithic #freedom #espacocozinha #cozinhadesign #design #designlife #interiordesign #draw
Sem mais artigos