Depois de conhecermos o ateliê Meireles e Pavan, abrimos-lhe as portas de um projeto único em Mogi das Cruzes, no Brasil.

Fotografias: Fran Parente

Solicitado por um jovem solteiro, este projeto único com uma vista desmedida e uma intensa luz natural foi o reflexo e a materialização de um sonho.

Sendo o seu proprietário jovem e com uma vida social ativa, um dos grandes pontos chaves desta habitação seria a necessidade de ter uma casa pensada para receber amigos e conviver, num ambiente “clean” e integrado.

Apto Bianchi Fran Parente

Confiando a 100% no ateliê, o proprietário deixou nas suas mãos o mote de inspiração, a escolha das peças e a seleção de cores e texturas.

A inspiração, essa, surgiu de uma viagem a África que os arquitetos fizeram, mas sempre com o cuidado de usar muito branco para trazer o ar “clean” de que o cliente necessitava e, ao mesmo tempo, integrar o tal “toque africano”. Aqui, o uso de madeira em alguns revestimentos estruturais e o uso de castanho na decoração e itens decorativos étnicos foram essenciais para equilibrar os dois géneros.

A imensa luz que banha toda a casa foi consequência de uma decisão essencial neste projeto: abrir «toda a parede que ficava no pé direito duplo, onde antes não havia janelas, para trazer uma vista do céu para o visitante e mais luminosidade para o espaço».

Esta luz, que ilumina toda a entrada, entra por uma janela gigante que dá para um terraço exterior. Numa das laterais podemos também ver uma escadaria de madeira que nos leva até ao piso de cima.

A estrutura da casa é vertical e forma vários cantos e recantos, criando mais uma vez uma integração coesa e orgânica.

Mas não é só a estrutura que faz deste apartamento um refúgio perfeito para um jovem solteiro. A decoração, também responsabilidade do ateliê Meireles e Pavan, usou «quadros da Youth Photos, alguns móveis da Vitra, tapetes Empório Beraldin e sofás feitos sob medida com trapaceiros independentes».

003_MP_Apto_Bianchi_Fran_Parente_IMG_8676

002_MP_Apto_Bianchi_Fran_Parente_IMG_8635 Apto Bianchi

Em todas as divisões existe uma linha condutora, tanto de estilo como de materiais, formas e texturas, onde peças de design equilibram a arquitetura moderna e despojada que sente em todo o apartamento.

O resultado final é o reflexo de uma casa jovem, social, com muito bom gosto e uma vista única.

Sem mais artigos